NOTÍCIAS
10/09/2014 | 21h31

Lançamentos

BMW i8 chega ao País por quase R$ 800 mil

Superesportivo híbrido elétrico será vendido por encomenda


PEDRO KUTNEY, AB

Ao mesmo tempo em que lança o i3 no Brasil (leia aqui), a BMW também decidiu introduzir o i8, o segundo modelo de sua linha “i” de propulsão alternativa. Mas o conceito é bastante diferente: enquanto o i3 é um carro puramente elétrico, o i8 é um superesportivo híbrido plug-in com motor a combustão auxiliado pela propulsão elétrica – mas que também pode ter a bateria carregada na tomada. Tem preço é bastante exclusivo: R$ 799.950 (uma velha mania do marketing nacional de tentar fazer valores superlativos parecerem menores até mesmo em mercado de consumo de alto luxo).

Por esse valor, o modelo de belas linhas vai competir diretamente no mercado de superesportivos como Ferrari, Porsche, Maserati e versões de alguns modelos da Mercedes-Benz AMG, Audi S e RS e até da própria BMW M. “Venderemos o i8 aqui só por encomenda”, afirma Arturo Piñeiro, presidente do Grupo BMW Brasil. “Acreditamos que é possível fazer o interesse por esse tipo de carro crescer aqui.” Este ano o número total para o mercado brasileiro está limitado a oito unidades. “Venderíamos mais se tivéssemos oferta maior”, surpreende Martin Fritsches, diretor de vendas da marca no País.

Com motor de três cilindros 1.5 turbinado de impressionantes 231 cavalos e torque de 320 Nm, aliado ao motor elétrico de 131 cv e 250 Nm que traciona as rodas dianteiras, a potência total do bólido híbrido da BMW é de 362 cv, que pode levar o carro a até a velocidade máxima de 250 km/h limitada eletronicamente. Tudo isso com consumo de 47 km/l de gasolina – ainda que esse gasto não pareça ser um problema para essa faixa de consumidor.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 18/10/2017
Medidas simples e novos estudos ajudam na redução de emissões de CO2

Esta coluna é apoiada por:

Documento sem título
Advertisement Advertisement Advertisement
AUTOINFORME | 19/10/2017
Hyundai produz em Ulsan 1,5 milhão de carros por ano
DE CARRO POR AÍ | 13/10/2017
Com Jumpy, marca avança em novo território
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
INOVAÇÃO | 15/08/2017
Indústria automotiva precisa abrir os olhos para novas formas de trabalhar
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes