Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Consultoria | 12/09/2014 | 15h20

Consórcio Inovar-Auto lança sistema para rastreabilidade

Montadoras e fornecedores serão obrigados a fornecer informações

PEDRO KUTNEY, AB

Três escritórios de consultoria criaram há cerca de seis meses o Consórcio Inovar-Auto especialmente para fornecer o serviço de apurar todas as informações do sistema de rastreamento de autopeças, que entra em funciomento no dia 1º de outubro próximo. Para alimentar o banco de dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Grupo Engenho, Quirius Soluções Fiscais e Becomex Consulting se associaram para unir suas especialidades. “Nós tínhamos o conhecimento da operação do setor automotivo e os dois parceiros desenvolveram a tecnologia da informação para processar e transmitir os dados”, conta o engenheiro Carlos Briganti, presidente do Grupo Engenho e sócio do consórcio. Ele também participou com a IHS da consultoria ao governo para a formatação do Inovar-Auto. “Percebemos que muitos teriam dificuldades em levantar e fazer o processamento das informações, assim enxergamos a oportunidade e oferecer uma solução pronta”, diz Briganti, que até 2007 foi presidente da Eaton no Brasil e desde então se dedica à sua consultoria.

A partir de outubro, todas as montadoras, seus fornecedores e subfornecedores (tiers 1 e 2) serão obrigados a informar todos os meses ao MDIC as características e o valor dos componentes usados na produção dos veículos, incluindo a parcela importada desses itens. A exigência é parte da política industrial do governo para o setor automotivo, o Inovar-Auto. A legislação permite transformar em benefício fiscal as compras de peças nacionais, que podem ser abatidas de até 30 pontos porcentuais do IPI. Com o rastreamento, a base de cálculo desse incentivo será reduzida com o desconto do valor do conteúdo importado das autopeças (leia aqui). A empresa que deixar de prestar essas informações ou enviar dados incorretos poderá pagar multa de 1% a 2% do valor de cada transação.

A solução fornecida pelo Consórcio Inovar-Auto simplifica a operação de processamento de todas as informações exigidas pelo MDIC. “Podemos fornecer o programa para processamento nas próprias empresas, mas vamos começar oferecendo o serviço em nuvem, em que montadoras e fornecedores enviam os dados ao nosso sistema, nós processamos e mandamos o pacote pronto para envio ao MDIC”, explica Briganti. “Essa é a vantagem do BPO (de business process outsourcing, ou terceirização de processos). Posso atender o cliente de forma imediata. Não daria tempo de implantar um sistema interno até outubro, quando começa a rastreabilidade”, afirma.

O consórcio funciona como um escritório externo de contabilidade: os clientes enviam os dados necessários e os especialistas fazem todos os cálculos para processar o pacote de informações exigidos pelo governo. “Basicamente, precisamos das notas fiscais eletrônicas e a lista de peças. O sistema calcula a parcela importada e informa o valor a ser deduzido (do incentivo fiscal)”, diz Briganti.

O consultor destaca que a terceirização do trabalho para atender as obrigações da rastreabilidade demanda poucos recursos das empresas, que dessa forma eliminam despesas extras com pessoal, instalação de sistemas e treinamento. Montadoras e fornecedores podem exportar as informações dos sistemas digitalizados de informações fiscais que já utilizam. Com o serviço em nuvem, não há necessidade de compra de licenças de uso de programas e suas atualizações constantes. “Essa é outra vantagem: não é necessário fazer modificações a cada mudança na legislação, nós mantemos o sistema constantemente atualizado.”

O sistema on-line desenvolvido pelo Consórcio Inovar-Auto pode fazer várias análises das informações inseridas, com divisões por empresa (montadora ou fornecedor), por produto (componente), por período ou item a item. Também é possível exportar as informações para processamento de outras análises.

Briganti explica que o preço do serviço depende da quantidade de informações a ser processada, bem como da complexidade dos sistemas usados pelo cliente. Para fazer uma simulação, ele indica que as empresas acessem o site do Consórcio Inovar-Auto (www.portalinovarauto.com.br).



Tags: Inovar-Auto, rastreabilidade, consórcio, sistema, autopeças, importação, Grupo Engenho, Quirius, Becomex, MDIC.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência