Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Eventos | 28/10/2014 | 14h20

Ford Mustang só vem para encher os olhos dos brasileiros durante Salão do Automóvel

Ainda não há data para lançamento do modelo icônico no mercado local

SUELI REIS, AB

O que poderia ser a grande novidade da Ford no Salão do Automóvel ficará limitado apenas à mostra: o esportivo Mustang, cuja expectativa era de anúncio de venda no Brasil já em 2015, não tem data para desembarcar por aqui, informa Rogelio Golfarb, vice-presidente de assuntos corporativos para América do Sul. A atração será acompanhada por todos os modelos da linha atual da marca.

“Nosso grande desafio foi concluir a renovação antes do programado para oferecer uma linha 100% global. Esta conclusão em 2014, com a chegada do novo Ka, é resultado da evolução do plano One Ford no Brasil e no mundo”, destacou Steven Armstrong, presidente da Ford par a América do Sul.

Sobre o cenário no País, Golfarb reforça que por causa da instabilidade do mercado neste ano, prevê queda equivalente a 9%, para algo como 3,4 milhões de unidades. “Ainda neste ano, a sazonalidade dos últimos meses tradicionalmente puxam as vendas para cima. Vemos uma tendência de melhora em 2015, com volatilidade bem menor, apesar do fator de ainda ter algum estoque no primeiro trimestre”, ressaltou.

Sobre projeções para 2015, Golfarb se limitou a dizer que a Ford prefere esperar a decisão da equipe econômica do governo sobre novas medidas para impulsionar a economia no País.



Esta cobertura do Salão do Automóvel de São Paulo é patrocinada pela MWM International



Tags: Ford, Salão do Automóvel 2014, Mustang, Novo Ka, mercado, Rogelio Golfarb.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência