Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Lançamentos | 30/10/2014 | 19h35

Chery renova todos os modelos até 2018

Designer Sergio Loureiro diz que missão é criar linha inteira de carros

PEDRO KUTNEY, AB

Pensa e fala em bom português parte significativa do desenvolvimento do novo visual dos carros da chinesa Chery, que tem o objetivo de renovar todos os seus produtos até 2018. Filho de portugueses nascido em Luxemburgo, Sergio Loureiro é diretor de design da Chery International, vindo da GM Opel contratado em 2012 para dar contornos atraentes e globalmente competitivos à nova geração de modelos da marca. “Quando cheguei, James Hope (diretor corporativo de design), que já havia sido meu chefe na Opel, disse que a nossa missão era desenhar uma nova linha inteira de veículos, com liberdade total para criar. Começar do zero é tudo que um designer pode querer”, disse em entrevista a Automotive Business.

Em visita ao Brasil para o Salão do Automóvel de São Paulo, Loureiro voltou a praticar o português (uma das cinco línguas que fala, mas a que menos usa atualmente) para explicar como pretende criar um novo visual respeitável para a Chery, que tem apenas 17 anos de história, é a maior das montadoras chinesas sem associação com fabricantes estrangeiros, mas só agora começa a dar passos internacionais mais largos – o primeiro deles aqui mesmo em Jacareí (SP), onde inaugurou sua primeira fábrica completa fora da China, com investimento de R$ 1 bilhão.

Segundo Loureiro, o trabalho de desenho dos carros da chamada New Generation foi iniciado há dois anos e já começou a entrar na linha de produção. “O sedã Arrizo 7 (exposto no salão pela primeira vez no Brasil e que deve ser vendido no mercado nacional em 2015) é o primeiro passo sério do projeto de renovação da Chery. O segundo é o desenvolvimento de um carro mais emocional”, explica o designer. Exemplo disso são as belas linhas fluidas do conceito Alpha, que também está sendo mostrado ao público que visita o Anhembi. “O Alpha dará origem ao Arrizo 5, um modelo mais compacto que o 7, que deve ser lançado em 2015 na China e depois exportado para diversos países, inclusive o Brasil”, revela.

Loureiro conta que o processo de criação da nova linha da Chery está em diferentes estágios de desenvolvimento. Ao todo, segundo a empresa, 11 a 12 linhas de produtos vão substituir os atuais 21 carros diferentes da marca, cobrindo todos os segmentos de mercado. “Alguns modelos já estão quase prontos para entrar em produção. Outros ainda estão em fase de desenho. O maior número de lançamentos da New Generation deve se concentrar em 2016, mas o plano vai até 2018”, afirma. Com a nova geração, a ambição da Chery é se tornar uma marca globalmente competitiva até 2020, com vendas na maioria dos mercados do mundo.

INSPIRAÇÃO BRASILEIRA

O diretor de design da Chery já passou pelo departamento de criação de um bom número de fabricantes internacionais, como PSA Peugeot Citroën na França, Mercedes-Benz no escritório de design da marca no Japão, e Opel na Alemanha. Mas foi no Brasil, em 2001, que ele iniciou a carreira, desenhando carrocerias de ônibus para a Busscar em Joinville (SC). Foi uma oportunidade de estender em mais um ano sua permanência no País após um ano estudando na PUC de Curitiba (PR), em um programa de intercâmbio com a universidade que cursava na França.

Segundo Loureiro, aqui ele aprendeu que “o designer brasileiro é muito talentoso”, com boas chances de trazer influência para o escritório de design da Chery em Xangai. “Estou entrevistando alguns sobre a possibilidade de criar colaborações e levar profissionais para a China, mas por enquanto é só uma ideia”, revela.

Ele avalia que a melhor inspiração que leva do Brasil atualmente é a possível criação de modelos compactos “cross”, com desenho aventureiro e suspensão mais elevada. “Quero introduzir esse tipo de veículo na linha de produtos da Chery”, afirma.



Tags: Chery, design, New Generation, Sergio Loureiro, renovação.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência