Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Agrale foca em chassis de ônibus e tratores de rodas

Mercado | 25/11/2014 | 17h43

Agrale foca em chassis de ônibus e tratores de rodas

Produtos feitos no Brasil e Argentina garantem sustento da empresa

MÁRIO CURCIO, AB

Apesar da retração de mercado, a Agrale mantém como principal produto os chassis de ônibus. De janeiro a outubro deste ano foram emplacadas 3.820 unidades. Na comparação com o mesmo período do ano passado o número revela queda de 21,4%, mas ainda assim é 10,5 vezes maior do que o total de caminhões da marca licenciados até outubro de 2014.

“Existe uma disputa por participação de mercado acirrada entre Mercedes-Benz e Volkswagen nos segmentos de caminhões em que atuamos. Temos uma boa cabine, premiada, mas é difícil competir com essas empresas”, afirma o diretor de vendas da Agrale, Flávio Crosa.

“Já nos chassis pequenos para ônibus temos cerca de 50%”, recorda Crosa. “Na Argentina, onde somos fabricantes, temos 35% do mercado de midiônibus”, diz Crosa. Para esses modelos, a preferência dos argentinos, segundo o executivo, recai sobre coletivos com piso baixo, motor traseiro e câmbio automatizado.

SEGMENTO AGRÍCOLA

Em 2014, a fabricante gaúcha manteve a venda máquinas agrícolas em um nível aceitável. Apesar de o segmento de tratores de rodas ter recuado 14,8%, os produtos Agrale tiveram queda bem menor, 2,8%: “Lançamos modelos no segmento de tratores médios, que têm maior volume de vendas. Foi o que nos permitiu manter o número estável.”

Para 2015, Crosa acredita que o mercado total de máquinas agrícolas fechará abaixo de 50 mil unidades. Mas prevê a venda de cerca de 2,5 mil tratores Agrale, o que representaria alta de 19,8% sobre o bom ano de 2013.

JIPE MARRUÁ E EXPORTAÇÕES

Entre os negócios da Agrale está o jipe Marruá, cujo mercado interno está concentrado nas Forças Armadas. Mineradoras e companhias energéticas também são clientes pela capacidade fora de estrada do veículo. “Este ano venderemos entre 800 e mil jipes. As exportações vão responder por um volume pequeno, em torno de 200 unidades.”

Recentemente, a empresa gaúcha fechou acordo de fornecimento de 141 unidades do Marruá para o exército da Namíbia. As primeiras 60 unidades chegarão a Walvis Bay (principal porto do país) ainda neste mês.

VEJA A ENTREVISTA COM FLÁVIO CROSA



Tags: Agrale, Marruá, tratores de rodas, Volkswagen, Mercedes-Benz, Flávio Crosa.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV