Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Combustíveis | 01/12/2014 | 18h27

Scania e Itaipu testam ônibus a biometano

Veículo rodou 3 mil km em Foz do Iguaçu e seguiu para outros Estados

REDAÇÃO AB

A Scania colocou em circulação no País o primeiro ônibus a biometano da história da indústria de veículos comerciais. A iniciativa resulta de parceria com Itaipu Binacional, Centro Internacional de Energias Renováveis-Biogás (CIBiogás-ER), Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI) e Granja Haacke, de Santa Helena (PR), responsável pelo fornecimento do biometano.

Produzido a partir de dejetos de aves poedeiras, o gás é filtrado e envasado antes de ser transportado para Foz do Iguaçu, primeira cidade onde o ônibus foi utilizado em demonstração.

“Fabricado na Suécia, o veículo atende à normativa Euro 6 e é considerado um dos mais modernos do transporte público do mundo, com motor dedicado ao uso tanto com gás natural veicular (GNV) quanto do biometano como combustível. Ele emite 70% menos poluentes que um similar a diesel”, explica o diretor de vendas de ônibus da Scania no Brasil, Sílvio Munhoz. Depois de Itaipu, onde fez o transporte de funcionários e estudantes por cerca de um mês abastecido apenas com biometano, o ônibus seguirá para os Estados do Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro a fim de mostrar a aplicação da tecnologia tanto em rotas urbanas como em fretamento e transporte intermunicipal. “Estamos recebendo consultas de outras cidades interessadas”, diz Munhoz. “O mais importante é perceber que ela é 100% viável para comercialização.” Segundo o superintendente de Energias Renováveis de Itaipu, Cícero Bley Júnior, que também preside a Associação Brasileira de Biogás, o objetivo da parceria é demonstrar a viabilidade da aplicação do biometano na mobilidade urbana.

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) está com uma consulta pública aberta para regulamentar o uso do combustível. “Estamos satisfeitos com os resultados que obtivemos na demonstração. Ele superou nossas expectativas”, diz Bley. “Acreditamos na viabilidade do biometano e estamos iniciando um novo período na busca de alternativas mais sustentáveis ao meio ambiente.”

Munhoz conta que os 3 mil quilômetros que o ônibus percorreu dentro de Itaipu comprovaram os benefícios do uso do combustível renovável. “Em relação ao preço por quilometragem, o custo do biometano é menor em 56% ante um veículo similar a diesel”, revela.

O ônibus mede 15 metros, tem dois eixos direcionais e capacidade para até 120 passageiros. As características do motor Scania Euro 6 a gás permitem que o veículo rode com biometano, gás natural ou a combinação de ambos. Antes de chegar ao Brasil, o ônibus Scania passou pelo México e pela Colômbia, sempre abastecido com GNV. Em Bogotá foi testado em condições extremas: altitude elevada, baixa pressão atmosférica, tráfego pesado e ladeiras.



Tags: Itaipu, Scania, biometano, ônibus, Itaipu Binacional, Sílvio Munhoz, Cícero Bley Júnior.

Comentários

  • Andre Luis

    Como ocorre, e qual o equipamento utilizado para a filtragem do biogas para se transformar em biometano?

  • edson

    fortaleza precisa de onibus scania com essa tecnologia o ar aqui é pesado tão construindo muitos predios e estamos ficando sufocados com tanto carros e onibus pequenos......

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência