Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Carreira | 20/01/2015 | 17h48

Randon anuncia mudanças em gestão corporativa

Grupo integra área de compras e nomeia diretores para as empresas do grupo

REDAÇÃO AB

As Empresas Randon anunciam mudanças em sua estrutura diretiva: Norberto Fabris assume a nova área que integra a gestão de compras do grupo, cuja implementação foi acompanhada pela consultoria McKinsey e que inicia sua operação em fevereiro. Esdânio Nilton Pereira foi nomeado diretor operacional e se reportará diretamente a Fabris, que por sua vez acumulará a função de relações institucionais e continuará respondendo pela divisão de veículos.

Já a divisão de implementos passa a ser responsabilidade do diretor Alexandre Gazzi. Na área de autopeças, Pedro Ferro, que também é diretor da Fras-le, assume o comando da Master e passa a compor o conselho da Jost Brasil. Luis Antônio Oselame continua como diretor da Suspensys e Castertech Fundição e Tecnologia.

“As movimentações e trocas de posições dentro da organização são saudáveis, produtivas e necessárias para mantê-la globalmente competitiva dentro do conceito de empresa vencedora de classe mundial”, afirma o presidente do grupo David Abramo Randon.

Por sua vez, o vice-presidente de administração e finanças, Daniel Raul Randon, complementa que o aproveitamento dos conhecimentos e da expertise dos diretores em diferentes posições dentro das empresas dá sustentabilidade à companhia em sua ambição de manter a liderança nos mercados nos quais atua.

Todas as mudanças serão efetivadas em março.



Tags: Randon, implementos, gestão, compras, Norberto Fabris, Esdânio Nilton Pereira, Alexandre Gazzi, Luis Antonio Oselame.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência