NOTÍCIAS
04/03/2015 | 18h20

Lançamentos

Discovery Sport chega a partir de R$ 179,9 mil

Modelo estará à venda em abril e vai responder por 50% das vendas da marca


MÁRIO CURCIO, AB

Modelo será montado em Itatiaia (RJ) em 2016
A Land Rover começa a trazer ao Brasil da fábrica de Halewood, na Inglaterra, o novo Discovery Sport. O carro chega em abril e é o mesmo que será nacionalizado na cidade de Itatiaia (RJ) no primeiro semestre do ano que vem. O modelo tem preço inicial de R$ 179,9 mil, valor pedido pela versão SE. A opção intermediária HSE sairá por R$ 202,9 mil e a topo de linha HSE Luxury, por R$ 232 mil.

“Acreditamos que ele responderá por 50% das vendas da Land Rover no Brasil”, estima o diretor de marketing Gabriel Patini. Todas as versões têm opção para sete lugares e utilizam motor Si2 a gasolina, um 2.0 turbo de 240 cavalos. A transmissão é automática e fabricada pela ZF. Tem nove marchas e permite trocas sequenciais por aletas atrás do volante.

A tração nas quatro rodas está em todas as versões, assim como o sistema Terrain Response, que adapta todas as configurações de tração e aceleração de acordo com o terreno, seja firme ou escorregadio. O carro tem também o modo Economia, que ajuda a reduzir o consumo de gasolina.

Outros itens presentes em toda a gama são start-stop, sistema de entretenimento com tela sensível ao toque de oito polegadas, conexão Bluetooth com streaming de áudio, entrada USB e sete airbags, inclusive um para os joelhos do motorista.

A versão SE traz rodas de 18 polegadas, faróis de neblina, bancos de couro, sensor de estacionamento com câmera de ré e ar-condicionado com duas zonas distintas de temperatura (dual zone). A versão topo de linha HSE Luxury traz faróis de xênon com contorno de LEDs, teto solar panorâmico, ar-condicionado dual zone, bancos de couro com memória e climatizados para passageiro e motorista, som Meridian, rodas de 19 polegadas, iluminação interna configurável e duas entradas USB na segunda fileira de bancos. A versão também conta com teto panorâmico fixo.

Bem versáteis, os bancos opcionais Stadium saem a partir de R$ 6 mil. Podem custar mais que isso se incluírem controles extras de ventilação e outros itens. O conjunto facilita a acomodação de pessoas ou bagagem. A fileira central desliza para a frente e para trás. Tanto esta como a terceira fila basculam e formam uma grande área para colocação de objetos.

Para as revisões, a Land Rover criou um pacote de R$ 990 que cobre por cinco anos as principais despesas como filtros, óleo e mão de obra. Ficam de fora itens de desgaste natural como pastilhas de freio, por exemplo.


Gabriel Patini, diretor de marketing, e a terceira fileira de bancos, item opcional com preço a partir de R$ 6 mil

Ainda em 2015 se inicia a venda do Discovery Sport diesel. “Ele foi lançado recentemente e está com a demanda aquecida na Europa. Vai chegar aqui até o fim do ano”, afirma Patini.

FÁBRICA E REDE

Com a construção de uma fábrica com capacidade para 24 mil carros por ano, uma cota de importação de cerca de 9 mil unidades livres dos 30 pontos extras de IPI e a possibilidade de montagem de um sedã Jaguar, a rede está sendo ampliada. Em dezembro eram 36 e até o término de março serão 42.

“Até o fim do ano todas se tornarão dual brand”, afirma o diretor de operações, Ruben Barbosa. Isso quer dizer que venderão Land Rover e Jaguar, o que reforça a possibilidade de montagem dos Jaguar no Rio de Janeiro.

Sobre a ampliação da rede, Patini e Barbosa acreditam em cerca de 50 revendas até o fim deste ano ou no início da produção nacional do Discovery Sport. Entre as próximas concessionárias haverá uma em Sorocaba (SP) e outra em Blumenau (SC), esta com “8 mil metros quadrados”, ressalta Patini.

Em 2014 a Land Rover registrou a venda de 9,3 mil veículos no Brasil. “Devemos fechar 2015 com cerca de 12 mil unidades. Se o Discovery Sport responder mesmo por metade dos emplacamentos, a demanda pelo Range Rover Evoque vai esfriar. “As vendas costumam gravitar naturalmente em torno de um lançamento”, diz. “O Evoque passará a ocupar uma fatia de 20% a 30%”, estima Patini. O modelo deteve em 2014 cerca de 70% das vendas da Land Rover no Brasil.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 18/10/2017
Medidas simples e novos estudos ajudam na redução de emissões de CO2

Esta coluna é apoiada por:

Documento sem título
Advertisement Advertisement Advertisement
AUTOINFORME | 19/10/2017
Hyundai produz em Ulsan 1,5 milhão de carros por ano
DE CARRO POR AÍ | 13/10/2017
Com Jumpy, marca avança em novo território
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
INOVAÇÃO | 15/08/2017
Indústria automotiva precisa abrir os olhos para novas formas de trabalhar
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes