Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 09/03/2015 | 17h40

Audi supera Mercedes no acumulado do ano

Em fevereiro a montadora bateu mais um recorde de vendas mundiais

REDAÇÃO AB

A Audi registrou, no primeiro bimestre de 2015, crescimento de 7,4% nas vendas em todo o mundo sobre igual período do ano passado, e teve 260.250 unidades vendidas em comparação às 242.396 do ano anterior. O mês de fevereiro foi essencial para a alemã alcançar recorde e se manter à frente da Mercedes-Benz, já que a fabricante cresceu 4,2% em relação ao mesmo mês do ano anterior, com 122.550 unidades vendidas. Já a Mercedes, mesmo alcançando recorde e registrando ganhos de 15%, vendeu 120.270 veículos no mês e 246.135 no acumulado e se manteve em terceiro lugar no mês e no acumulado. No mês a BMW voltou à liderança, que no acumulado ainda é da Audi.

A principal estrela da Audi em fevereiro foi o A3, que vendeu 47% a mais em relação ao ano anterior, com 28.850 unidades. O A6 também teve crescimento, registrando alta de 10,8% e 20.650 veículos vendidos em todo o mundo. Só na Europa, as vendas do modelo cresceram 11,8% no mês passado.

O vice-presidente mundial de vendas da Audi AG, Luca de Meo, comemorou os seguidos recordes alcançados. “Estamos mantendo nosso crescimento global e aumentamos novamente as vendas em todas as regiões do mundo em fevereiro”, disse o executivo, que também afirmou que o excelente desempenho do novo A6 na Europa foi decisivo para a ida do modelo ao mercado norte-americano.

A Audi dos Estados Unidos registrou alta nas vendas e bateu recorde pelo 50º mês consecutivo e deve o bom resultado a modelos como A3 e Q3, sendo que este último cresceu 5,3%, com 11.455 unidades vendidas. O país é também o maior mercado para o A7.

Na Europa, o mês de fevereiro contou com a chegada das novas gerações do A1 e Q3. A Audi também ampliou suas vendas no mês passado, graças ao crescimento de 4,2% para 60.250 automóveis. No acumulado, a marca cresceu 4,4%, o que significa 116.550 unidades. A Alemanha teve aumento de 16,9 % nas vendas, para 25.502 veículos em fevereiro. Já na França houve queda de 5,9% nas vendas, no comparativo com o mesmo mês no ano passado, para 4.808 carros, ao passo que as vendas mantiveram-se estáveis na Itália e aumentaram 4,1% na Espanha, para 4.320. As dificuldades no mercado Russo refletiram nas vendas, que caíram 28 %, totalizando 2.092 unidades.

Na China, o A6 se destaca como carro premium mais vendido do mercado. O modelo subiu 18,9% em fevereiro, com 10.168 unidades vendidas. Mesmo num período de vendas encurtado devido às comemorações do ano novo chinês, a Audi fechou o mês com aumento de 4,2% e 33.712 veículos entregues. Nos dois primeiros meses, foram vendidos 84.960 carros premium na China, o que representa 10,5% acima do registrado no ano anterior.

A Audi irá divulgar o balanço completo de 2014 na terça-feira, 10 de março.

Veja abaixo a tabela com o comparativo de vendas entre 2015 e 2014:



Tags: Audi, mundo, Mercedes-Benz, Mercedes, Daimler, VW, Volkswagen, Grupo Volkswagen.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência