Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Trabalho | 01/04/2015 | 19h15

Pirelli quer suspender 1,5 mil funcionários

Serão afetados empregados das quatro fábricas que a empresa tem no Brasil

REDAÇÃO AB

A Pirelli está negociando com sindicatos a adoção de um programa de suspensão temporária de contratos de trabalho (layoff) para 1,5 mil funcionários no Brasil, em todas as quatro fábricas da empresa instaladas no País, nas cidades de Santo André e Campinas (SP), Gravataí (RS) e Feira de Santana (BA).

Em nota, a companhia informou que a medida é consequência da queda de vendas de veículos no País causada pelo cenário econômico instável. A Pirelli diz ser necessária uma adequação no nível de produção por causa da contração na demanda atual e futura.

O licenciamento de veículos novos caiu 7,1% no acumulado de 2014 em relação a 2013 e as vendas de zero-quilômetro já encolheram 17% nos três primeiros meses de 2015 em relação ao mesmo período do ano passado.

A Pirelli recentemente vendeu parte de seu controle acionário para o grupo chinês ChemChina, maior empresa química do país asiático (leia aqui). O negócio, de € 7,1 bilhões, dá à China Nacional Tire & Rubber, o braço de pneus do grupo, 26,2% das ações que a holding italiana Cam Finanziaria (Camfin) detinha da empresa.



Tags: Pirelli, layoff, crise, queda, mercado, pneu, ChemChina.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência