Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Ford: lucro líquido recua 6,5% no 1º trimestre

Balanço | 30/04/2015 | 17h56

Ford: lucro líquido recua 6,5% no 1º trimestre

Ganhos foram de US$ 924 milhões contra os US$ 989 milhões apurados há 1 ano

REDAÇÃO AB

A Ford encerrou o primeiro trimestre com lucro líquido 6,5% menor ao reportar US$ 924 milhões ou US$ 0,23 por ação sobre os US$ 989 milhões - US$ 0,24 por ação - de igual período do ano passado, aponta o balanço financeiro da companhia, divulgado na quarta-feira, 29. O lucro antes de impostos fechou em US$ 1,4 bilhão, aumento de 20,6%. Este foi o 23º trimestre consecutivo rentável, representando quase dois anos de resultados positivos, apesar das oscilações de valores.

Por outro lado, com vendas globais quase 12% menores, considerando a mesma base de comparação, para 1,56 milhão de unidades, a companhia viu sua receita diminuir 5,5%, para US$ 33,9 bilhões, dos quais US$ 31,8 bilhões são provenientes da divisão automotiva, 6,2% menos que há um ano. Mesmo com esse movimento, a margem operacional da divisão automotiva aumentou em 0,2 pontos porcentuais no período, para 3,6%.

No relatório, a montadora ressalta que o menor volume de vendas e, consequentemente, menor receita são reflexos do aumento da concorrência com um grande número de lançamentos, além do impacto da alta do dólar sobre a receita em diversos mercados internacionais.

Por regiões, a América do Sul apresentou o maior impacto negativo no lucro antes de impostos ao encerrar o primeiro trimestre com prejuízo de US$ 189 milhões, embora tenha diminuído exponencialmente as perdas com relação a igual período de 2014, quando a montadora anotou prejuízo de US$ 510 milhões. Em todo o ano passado, a Ford reportou prejuízo de US$ 1,16 bilhão na região, segundo o relatório. O volume de vendas caiu 2,8% no período, para 101 mil unidades, resultado do fraco desempenho no Brasil junto com a desvalorização das moedas locais frente ao dólar e um mix de produtos desfavorável, resultando em queda de 20% da receita na região, para US$ 1,5 bilhão.

Na América do Norte, o lucro antes de impostos reduziu 10,6%, passando de US$ 1,5 bilhão no primeiro trimestre de 2014 para US$ 1,3 bilhão neste último trimestre. O efeito do dólar mais alto no México e no Canadá também afetou negativamente a receita, que caiu 1,9%, para US$ 20 bilhões, embora o resultado tenha sido compensado em parte pelo mix mais favorável e pelo aumento de preço dos produtos. As vendas somaram 678 mil unidades, 5,4% abaixo do volume registrado há um ano.

A companhia também registrou prejuízo menor na Europa em comparação com o primeiro trimestre do ano passado, passando de US$ 194 milhões para US$ 185 milhões, enquanto as vendas subiram 2,4%, para 376 mil veículos. A receita teve queda de 11,5%, para US$ 6,9 bilhões.

Na Ásia Pacífico, houve queda expressiva de 64,6% do lucro antes de impostos, para US$ 103 milhões, principalmente por causa dos custos mais elevados em novos produtos e aumento da capacidade produtiva. As vendas subiram 4,5%, para 366 mil unidades na região, apesar disso, a receita recuou 11,5%, para US$ 2,3 bilhões. Na contramão de mercados mais maduros, as demais regiões entregaram resultados positivos, embora sejam muito menores em volume: o lucro antes de impostos subiu 46,2%, para US$ 79 milhões no Oriente Médio e África, embora as vendas tenham diminuído 7,8%, para 47 mil unidades, com receita 10% menor, para US$ 1,1 bilhão.



Tags: Ford, lucro líquido, balanço, vendas, receita, faturamento.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência