Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Consultoria | 22/05/2015 | 18h22

IHS busca novo diretor de consultoria automotiva

Posição ficou vaga com a saída de Vitor Klizas, que foi para a Jato

REDAÇÃO AB

Maurício Sant’Anna, country manager da IHS para a América Latina, que tem escritório central no Rio de Janeiro, está selecionando profissional experiente na indústria automobilística para ocupar a posição de diretor de consultoria, posição que ficou vaga com a saída de Vitor Klizas, agora na Jato Dynamics. O núcleo regional especializado no setor automotivo fica em Campinas (SP), onde são preparados estudos, previsões e análises sobre o comportamento da indústria, e tem, entre outros profissionais, o suporte do consultor Paulo Cardamone.

Ocupando a função atual desde março de 2014, o administrador Sant’Anna, especializado em computação e gestão de negócios, assistiu a um crescimento expressivo da IHS na América Latina. Ele não detalha o tamanho desse mercado para a empresa, limitando-se a informar que a organização global possui 8 mil funcionários e fatura US$ 2,3 bilhões. “Trafegamos nas áreas de energia elétrica, petróleo, finanças e química na região, sem esquecer do segmento automotivo, no qual somos bastante fortes”, esclarece.

A ocupação do escritório no Rio de Janeiro foi um dos pontos centrais no plano de expansão da IHS, que investe na América Latina há cinco anos. A empresa mantém escritórios regionais em São Paulo, na Colômbia e no México, onde há expectativa de um avanço significativo. As operações na Argentina, no campo de petróleo e manufatura automotiva, são atendidas pelo Brasil e equipes de outros países.



Tags: IHS, consultoria, indústria automobilística, energia.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência