Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 27/05/2015 | 16h16

Toyota é a marca automotiva mais valiosa do mundo

Seis montadoras representam o setor no ranking global BrandZ Top 100 de 2015

REDAÇÃO AB

A Toyota é a marca automotiva mais valiosa do mundo, de acordo com a décima edição do ranking BrandZ Top 100, da WPP e Millward Brown, que apresenta as cem marcas com maior valor de mercado a partir de um estudo que combina pesquisa de mercado e uma análise rigorosa do desempenho financeiro e de negócios de cada empresa. A montadora aparece na 30ª posição do ranking, que é liderado maciçamente por empresas do ramo de tecnologia. Este cenário reflete que, mesmo com muito mais anos de mercado e de ativos maiores do que estas companhias mais jovens, as montadoras seguem com tendência de crescimento mais lento em seus valores de mercado.

O ranking geral 2015 é liderado pela Apple, que reconquistou o título de marca mais valiosa do mundo, superando o Google, que obteve a primeira posição no ano passado. Nas terceira, quarta e quinta posições seguem Microsoft, IBM e Visa, nesta ordem. O valor total das Top 100 marcas obteve um crescimento de 126% desde a primeira edição do ranking, há 10 anos, e hoje soma US$ 3,3 trilhões, alta de 14% sobre o total registrado em 2014. Deste total, o setor automotivo representa apenas 3,48%, com US$ 114,89 bilhões, somatória das seis empresas que figuram na lista.

A Toyota foi avaliada com um valor de mercado de US$ 28,9 bilhões, o que segundo o estudo, está 2% abaixo do apurado na edição passada, fazendo com que a montadora caia quatro posições no ranking com relação ao ano passado. Logo após a Toyota, na 34ª posição do ranking geral, a BMW também caiu duas posições, apesar do valor de US$ 26,3 bilhões representar alta de 2% no comparativo anual. A Mercedes-Benz é a terceira entre as automotivas e a empresa de número 43 no geral, com valor avaliado em US$ 21,7 bilhões, a primeira a apresentar leve crescimento, de 1% e ainda assim, recuar uma posição.

Já as também japonesas Honda e Nissan não foram tão bem-sucedidas como a conterrânea líder do setor, com quedas expressivas nos valores de mercado: de acordo com a pesquisa, a Honda, na 78ª posição, passou a valer US$ 13,3 bilhões, retração de 15%, enquanto a Nissan, na 93ª posição, caiu 17%, para US$ 11,4 bilhões. Ambas as marcas perderam 8 e 3 colocações no ranking geral, respectivamente.

A Ford, que aparece como quinta no ranking só de montadoras, é a única entre todas elas a subir no ranking geral: a tabela abaixo mostra que a empresa avançou quatro posições, chegando ao 80º lugar, com valor de mercado estimado em US$ 13,1 bilhões, um crescimento de 11% sobre o valor apurado no ano passado.

“Alcançar um lugar no ranking ou manter-se nele não é uma questão simples. Nesses 10 anos, observamos como as marcas que tem conseguido permanecer entre as Top 100 são aquelas que foram consistentes com o seu propósito de marca ao longo do tempo e centraram-se no consumidor como o seu motor de origem”, completa Valkiria Garre, CEO da Millward Brown no Brasil.

Confira abaixo as montadoras mais valiosas do mundo no ranking BrandZ Top entre 100 empresas globais. Para acesso ao ranking completo, clique aqui.



Tags: Toyota, ranking, BrandZ Top 100, BMW, Mercedes-Benz, Honda, Ford, Nissan.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência