Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Montadoras renovam habilitação ao Inovar-Auto

Legislação | 01/06/2015 | 17h21

Montadoras renovam habilitação ao Inovar-Auto

25 fabricantes e importadoras têm mais um ano de benefícios

REDAÇÃO AB

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) concede a renovação de habilitação no Inovar-Auto para um total de 25 empresas, entre montadoras fabricantes, investidoras e importadoras de veículos, com vigência de 1º de junho de 2015 a 31 de maio de 2016, conforme as portarias publicadas na edição de sexta-feira, 29, do Diário Oficial da União. Os pedidos de renovação foram protocolados até o dia 15 de abril passado, conforme exige a legislação, e concedidos a todos os 25 solicitantes, de acordo com as equipes técnicas do Departamento das Indústrias de Equipamentos de Transporte, da Secretaria de Desenvolvimento da Produção, e da consultoria jurídica, ambos atrelados ao MDIC.

De acordo com a legislação do Inovar-Auto, as empresas devem solicitar, a cada 12 meses, a renovação de suas habilitações para que possam manter os seus compromissos assumidos quanto aos investimentos em pesquisa, desenvolvimento, engenharia, realização de etapas fabris e cumprimento de metas de eficiência energética previstas pelo regime automotivo. Todas as empresas que tiveram suas habilitações renovadas terão até o dia 15 de abril de 2016 para apresentar novo pedido de renovação para os 12 meses seguintes, a partir de 1º de junho de 2016.

Das empresas que tiveram a habilitação renovada, 13 se encaixam na categoria fabricante. São elas: Caoa, FCA (Fiat Chrysler), Ford, General Motors, Honda, Mercedes-Benz, Mitsubishi (MMC Automotores), Nissan, PSA Peugeot Citroën, Renault, Suzuki (SVB Automotores), Toyota e Volkswagen. Todas elas terão o mesmo volume de importação para apuração do crédito presumido de IPI, limitado a 2,8 mil veículos entre 1º de junho e 31 de dezembro deste ano e de 2 mil unidades entre 1º de janeiro e 31 de maio de 2016.

Seis fabricantes não importam veículos, mas renovaram sua habilitação a fim de não ter sobretaxados os produtos produzidos no País, caso de Agrale, Hyundai, Iveco, MAN Latin America, Scania e Volvo (caminhões e ônibus).

Já a SNS Automóveis, do Grupo SHC do empresário Sérgio Habib, que distribui oficialmente os veículos das marcas JAC e Aston Martin no Brasil, renovou sua habilitação como investidora, uma vez que mantém a intenção de construir uma fábrica no País, em Camaçari (BA). A empresa também terá o limite de importação de 2,8 mil veículos entre 1º de junho e 31 de dezembro deste ano e de 2 mil unidades entre 1º de janeiro e 31 de maio de 2016 para apuração do crédito presumido de IPI.

A FCA também se habilitou como importadora, uma vez que incorporou o Grupo Chrysler e todas as suas marcas (Dodge, Jeep e Ram) ao negócio no Brasil em linha com a estratégia mundial. Como importadora, a FCA poderá presumir o crédito de IPI para o limite de 2.568 unidades importadas entre 1º de junho e 31 de dezembro deste ano e de 1.835 veículos importados entre 1º de janeiro e 31 de maio de 2016.

Outras quatro empresas também renovaram sua habilitação como importadoras, caso da Venko (VKN Motors), que após três anos de contrato com a Chery, de quem importava os veículos leves entre julho de 2009 e julho de 2012, passou a importar da China, sob um novo contrato com o Grupo Chery, seus comerciais leves da marca Rely e a máquinas agrícolas e de construção da marca Gehl, do Grupo Manitou Americas. A empresa terá cota de 2,8 mil veículos sem a sobretaxação do IPI importados entre 1º de junho e 31 de dezembro deste ano e de até 2 mil unidades importadas de 1º de janeiro a 31 de maio de 2016.

A British Car, que importa modelos de luxo como Bentley e Bugatti, tem o limite de seis unidades entre 1º de junho e 31 de dezembro deste ano e de cinco veículos importados entre 1º de janeiro e 31 de maio de 2016. Já a Rising Imports Eireli, importadora com sede em Recife (PE) e que traz ao Brasil diversas marcas, entre SsangYong e BYD, poderá importar 62 veículos entre 1º de junho e 31 de dezembro deste ano e 44 unidades 1º de janeiro e 31 de maio de 2016.

Por sua vez, a Volvo Cars renova sua habilitação como importadora, com limite de 1.561 veículos importados entre 1º de junho e 31 de dezembro deste ano e de até 1.114 unidades importadas de 1º de janeiro a 31 de maio de 2016 sem os 30 pontos porcentuais adicionais do IPI.



Tags: Inovar-Auto, habilitação, montadoras, investidoras, importadoras, MDIC.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência