Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 06/07/2015 | 18h42

Associados da Abeifa registram queda de 6,1%

Vendas somaram 44,6 mil unidades no 1º semestre de 2015

REDAÇÃO AB

Os negócios dos associados da Abeifa, associação dos fabricantes e importadores de veículos, diminuíram 6,1% no primeiro semestre do ano, para 44,6 mil unidades. A contração, no entanto, é bem menor do que a anotada no mercado total, que ficou 20,7% menor no período (leia aqui).

Em junho os emplacamentos das empresas filiadas à entidade somaram 9,3 mil unidades, com crescimento de 44% sobre o mesmo mês de 2014. A expansão foi de 11,2% sobre maio deste ano. A Abeifa aponta, no entanto, que a alta reflete a fraca base de comparação. Do total vendido no mês passado, 5,1 mil unidades são de modelos importados e os outros 4,2 mil emplacamentos de veículos fabricados no Brasil.

“O desempenho de nossas associadas em 2015 precisa ser analisado de forma detalhada, pois neste ano algumas marcas passaram a produzir no Brasil, o que introduziu nova categoria de vendas para a nossa entidade”, lembra Marcel Visconde, presidente da Abeifa.

Apesar de a contração nos negócios das empresas associadas à entidade ter sido menor do que a do mercado total, Visconde alerta que a situação é preocupante. Ele lembra que os números divulgados pela entidade expressam a performance conjunta de 28 marcas que detém 3,5% de participação no mercado nacional de veículos leves. “Esse resultado preocupa o setor e as empresas que têm feito investimentos significativos tanto para importar quanto para instalar suas fábricas e produzir no mercado local.”



Tags: Abeifa, vendas, importados, Marcel Visconde.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência