NOTÍCIAS
04/08/2015 | 18h46

Lançamentos

Versão básica do Jeep Renegade sai por R$ 68,9 mil

Opção mais barata da gama chega às concessionárias somente agora


REDAÇÃO AB

O Jeep Renegade Flex 1.8: só com rodas de aço e câmbio manual
A Jeep acaba de acrescentar uma versão básica à gama do Renegade vendida no Brasil, que agora passa a contar com sete opções, começando em R$ 68,9 mil. A marca havia prometido esta opção mais barata no lançamento do modelo, em março passado. Visualmente, a única diferença externa do Renegade Flex 1.8 são as rodas de aço pintadas de preto, no lugar das de liga leve que equipam as versões mais caras, a partir de R$ 71,9 mil.

A versão de entrada do modelo será vendida só com tração 4x2 e câmbio manual de cinco marchas, acoplado ao motor 1.8 bicombustível que desenvolve 132 cavalos usando etanol. O único opcional do Renegade 1.8 Flex é a pintura metálica, que custa mais R$ 1,3 mil. Para reduzir o preço foram retirados itens de série como farol de neblina, sensor de estacionamento e os controles do sistema de som no volante. Também não é possível instalar opcionalmente o navegador original, disponível para todas as outras versões.

De resto, o carro manteve o mesmo interior bem-acabado e bom pacote de equipamentos de série, incluindo ar-condicionado, direção assistida elétrica, rádio com Bluetooth e entradas USB e auxiliar, freio de estacionamento eletrônico e vidros, travas e retrovisores com acionamento elétrico. Também foram mantidos o controle eletrônico de estabilidade (ESC), auxílio de partida em rampa (HSA), freios a disco e suspensão independente nas quatro rodas.

Confira abaixo todos os preços da linha do Jeep Renegade:

• 1.8 Flex manual 5 – R$ 68.900
• Sport 1.8 Flex manual 5 – R$ 71.900
• Sport 1.8 Flex automático 6 – R$ 76.900
• Longitude 1.8 Flex automático 6 – R$ 82.900
• Sport 2.0 Diesel automático 9 4x4 – R$ 99.900
• Longitude 2.0 Diesel automático 9 4x4 – R$ 109.900
• Trailhawk 2.0 Diesel automático 9 4x4 – R$ 119.900

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 22/11/2017
Frota brasileira de 42 milhões exige controle apropriado

Esta coluna é apoiada por:

Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
INOVAÇÃO | 25/10/2017
Indústria precisa questionar qual será o seu papel no futuro
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
AUTOINFORME | 09/11/2017
Luguez firmou parceria com o governo de Ohio
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
DE CARRO POR AÍ | 17/11/2017
Chineses entregam operação brasileira à administração dos brasileiros
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório