Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Trabalho | 18/08/2015 | 13h50

Ministério Público do Trabalho pede anulação das demissões na GM

Montadora recorre e nova audiência está marcada para a sexta-feira, 21

REDAÇÃO AB

O Ministério Público do Trabalho emitiu parecer favorável ao pedido de anulação das 798 demissões na unidade da General Motors em São José dos Campos (SP) no fim da tarde de segunda-feira, 17, durante a audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) em Campinas. O pedido de anulação feito pelo sindicato dos metalúrgicos da região junto ao MPT foi rejeitado pela GM. Com isso, uma nova audiência está marcada para a sexta-feira, 21, às 15h.

No fim da semana passada, a GM emitiu comunicado confirmando o desligamento de 798 trabalhadores da unidade de São José (leia aqui).

No TRT, a montadora chegou a oferecer um salário-base para cada trabalhador demitido, mas a proposta foi recusada pelo sindicato. O pedido de anulação dos cortes foi baseado na jurisprudência que obriga a empresa a negociar antes de realizar demissões em massa. As dispensas dos trabalhadores foram comunicadas pela empresa via telegrama enviados a partir do dia 8 deste mês. Em protesto às demissões, os trabalhadores entraram em greve por tempo indeterminado e que já dura uma semana.

“A audiência foi um passo positivo em nossa luta para que as demissões sejam anuladas. Queremos também nos solidarizar com os companheiros da Volkswagen de Taubaté, que entraram em greve. Defendemos a unificação da luta em defesa do emprego entre os trabalhadores de todas as montadoras”, afirma o presidente do sindicato, Antônio Ferreira de Barros, o Macapá.

Uma audiência pública terá como tema a demissão dos trabalhadores na GM, na Assembleia Legislativa de São Paulo, na quarta-feira, 19, às 19h, marcada a pedido do sindicato dos metalúrgicos de São José dos Campos. Foram convidados representantes da empresa, bem como da prefeitura de São José dos Campos e da Comissão de Atividades Econômicas da Assembleia Legislativa.

GRAVATAÍ

Já para a unidade de Gravataí (RS) a GM anunciou nesta terça-feira, 18, que dará férias coletivas entre os dias 8 e 23 de setembro para todos os trabalhadores, e folgas entre 24 e 26, com retorno das operações previsto para o dia 28 do próximo mês. Em comunicado, a montadora informa que “a medida tem como intuito a de ajustar o volume de produção à atual demanda do mercado”.

É a segunda vez que a montadora concede férias na unidade, onde são produzidos os modelos Chevrolet Onix e Prisma. Em junho, os trabalhadores ficaram parados entre 15 e 28 daquele mês (leia aqui).



Tags: General Motors, GM, sindicato, demissões, São José dos Campos, metalúrgicos.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência