Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Vendas do Grupo VW têm leve queda

Mercado | 26/08/2015 | 11h24

Vendas do Grupo VW têm leve queda

Mercados como China, Brasil e Rússia puxam resultados para baixo

REDAÇÃO AB

O Grupo Volkswagen entregou de janeiro a julho deste ano 5,83 milhões de veículos, registrando pequena queda de 1% em relação ao mesmo período do ano passado. A fabricante atribui o resultado negativo aos mercados chinês, brasileiro e russo.

Na Ásia-Pacífico, os 2,22 milhões de veículos vendidos resultaram em retração de 4,1% ante os mesmos sete meses de 2014. Maior mercado da região, a China respondeu por 1,99 milhão de unidades e experimentou queda ainda mais acentuada, de 5,3%.

Em toda a América do Sul, os 346,4 mil veículos entregues resultaram em queda de 22,9%. Na região, o Brasil respondeu por 245,9 mil unidades e e queda de 30,6%. Em movimento oposto, as entregas na América do Norte somaram 533 mil unidades, com alta de 6,2% sobre os mesmos sete meses de 2014. Com 349 mil veículos do grupo, as vendas nos Estados Unidos aumentaram 3,4%.

O mercado europeu como um todo mantém o crescimento. Até julho deste ano o continente somou 2,45 milhões de unidades do grupo, indicando alta de 3,7% sobre o mesmo período do ano passado. A Europa Ocidental (exceto Alemanha) registrou 1,32 milhão de veículos do grupo e acréscimo de 7,2%.

No mercado alemão, as 781,7 mil unidades resultaram em alta de 5,7%. Nas regiões Central e Oriental do continente o grupo entregou 354,4 mil unidades e anotou queda de 10,8%. Os bons resultados da República Tcheca, Romênia e Hungria não foram suficientes para compensar o mau momento do mercado russo, em que as 97,6 mil vendas significaram queda de 40,3% ante o período janeiro-julho do ano passado.

DESEMPENHO POR MARCA

De todas as vendas do grupo até julho, os automóveis Volkswagen responderam por 3,4 milhões de unidades, registrando queda de 4,3% ante os mesmos meses do ano passado.

A Audi entregou 1,05 milhão de veículos no período e cresceu 3,5%. A fabricante de esportivos Porsche vendeu 134,7 mil unidades e anotou alta de 28,5% sobre o ano anterior como reflexo da boa aceitação do utilitário esportivo Macan.

A fabricante tcheca Skoda entregou 627,1 mil unidades e registrou leve alta de 3,6%. A Seat distribuiu 251,3 mil veículos nos sete meses e anotou acréscimo de 7,1% sobre o mesmo período do ano passado.

A divisão Volkswagen Veículos Comerciais repassou 256,6 mil unidades, com variação positiva de 0,4%. A marca MAN entregou 58,6 mil veículos e com isso teve importante queda de 13,2%. Para a Scania, os 43,4 mil caminhões e ônibus vendidos trouxeram alta de 3,2%.



Tags: VW, Volkswagen, Grupo VW, Audi, Porsche, Skoda, Seat, MAN, Scania.

Comentários

  • jorge

    A queda de julho separadamente foi grande... 3.7%. Agosto tudo indica deve ser maior, por conta da “sino-dependência”.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência