Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Qualidade também é condição para crescer
Schwarzwald investe no relacionamento com os fornecedores

Negócios | 21/09/2015 | 11h10

Qualidade também é condição para crescer

VW, Bosch e Schaeffler mostram importância de melhorar durante a crise

GIOVANNA RIATO, AB

A Volkswagen apresentou as iniciativas para garantir o padrão de excelência que pretende entregar aos seus consumidores. A empresa aponta que o mundo globalizado traz clientes exigentes que comparam produtos locais com globais, o que faz com que as empresas precisam zelar por aspectos como a boa conduta ética, uso responsável de recursos e investir fortemente ainda em desenvolvimento. “É necessário dar o primeiro passo antes mesmo que as melhorias sejam impostas pela legislação”, avalia Richard Schwarzwald, diretor da qualidade assegurada da Volkswagen do Brasil. O executivo participou do III Fórum da Qualidade Automotiva, promovido pelo IQA em São Paulo, na segunda-feira, 21.

Neste aspecto, ele destaca que a empresa trabalha para oferecer produtos com elevado padrão de segurança, economia e performance. Um exemplo é o compacto Up!, que conquistou nota máxima em segurança no Latin NCAP e agora incorpora o motor turbinado 1.0 TSI, com elevada eficiência energética. Na visão de Schwarzwald, trabalhar com plataformas globais e oferecer conectividade também são iniciativas essenciais para garantir a qualidade para o consumidor.

A Volkswagen avalia que garantir bom relacionamento com a cadeia de fornecedores é outro aspecto importante. “Lidamos com mais de 15 mil empresas, um total de 100 mil pessoas”, calcula. Para tornar mais eficiente o fluxo de trabalho entre tantos elos, a companhia investiu em um programa com os fornecedores. O trabalho começou em 2011 em parceria com a Bosch, que foi a empresa escolhida para atrair outros parceiros de elos mais distantes da cadeia produtiva.

“Criamos um fórum transversal para qualificação das empresas, melhoramos a comunicação no fluxo logístico e aumentamos a eficácia em serviços com foco no cliente final”, conta. Com a iniciativa e o compartilhamento dos valores da montadoras, a Volkswagen conquistou melhorias importantes, como redução de desperdício de materiais, diminuição de custos e mais a acesso à informação. “Em uma cadeia tão complexa como a automotiva, muitas vezes aspectos importantes ficam ocultos”, explica.

FABRICANTES DE AUTOPEÇAS

As grandes fabricantes de autopeças e sistemistas também defendem a necessidade de investir em qualidade e desenvolvimento sem que precisem ser puxadas para isso. “O mercado caiu, mas os volumes maiores vão voltar. Se não estivermos preparados vamos quebrar de vez”, enfatizou Flávio Mateus, diretor executivo da Schaeffler durante o evento. Ele aponta que, entre 2010 e 2013, quando vendas e produção de veículos cresciam rapidamente, muitos fornecedores deixavam de fazer manutenções e atualizações para evitar paradas na linha de montagem. “Não podemos pensar mais assim. Se queremos atuar globalmente é preciso agir como fornecedores globais”, defende.

O executivo defende que a busca por excelência precisa estar no DNA de cada empresa, como aspecto essencial para garantir a competitividade. “O primeiro incentivo para isso tem que vir de dentro da empresa, não adianta esperar montadoras ou governo”, acredita.

Bruno Neri, gerente da qualidade corporativa na Bosch, concorda com a necessidade de priorizar a qualidade dentro das companhias. O executivo acredita que, apesar do momento de contração das vendas, as organizações precisam estar prontas para uma possível retomada. Ele recomenda que as fabricantes de autopeças aproveitem o momento para manter a mão-de-obra e os fornecedores qualificados, além de investir na melhoria dos produtos e na localização da produção.

Para ajudar nesse trabalho a Bosch tem trabalho importante com os fornecedores. Entre 2015 e 2016 a empresa desenvolverá 25 parceiros do tier 2 da cadeia produtiva. A ideia é ajudá-los com gestão enxuta e financeira, liderança e produção. “Selecionamos fornecedores estratégicos. Queremos dar sustentação para essa base se desenvolver”, conta.

Assista à entrevista exclusiva com Richard Schwarzwald, da Volkswgen:



Tags: qualidade, Volkswagen, Schaeffler, Bosch, IAQ.

Comentários

  • Fábio Colla

    VW falando em ética ? "Volkswagen Facing Criminal Charges in Emissions Probe"

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência