Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
AutoAvaliar acelera negociação de usados

Distribuição | 29/09/2015 | 19h38

AutoAvaliar acelera negociação de usados

Com ferramenta, concessionárias vendem 2 mil carros/mês para lojas

PEDRO KUTNEY, AB

De um lado, a avaliação justa do preço do veículo usado na hora em que ele serve de entrada para comprar o zero-quilômetro facilita o fechamento de negócios nas concessionárias. Por outro lado, a negociação direta dos carros de segunda-mão com as revendas independentes elimina intermediários e faz o estoque do concessionário girar rápido, sem desperdício de recursos. Pensando nessa equação que muitas vezes empaca a rentabilidade dos distribuidores, o empresário do setor de e-commerce Daniel Nino criou a plataforma AutoAvaliar, que faz todo esse processo por meio de ferramentas digitais conectadas a internet que rodam em computador, tablet ou smartphone. O sistema já integra mil concessionárias, que fazem cerca de 60 mil avaliações por mês por meio da plataforma e negociam mensalmente algo como 2 mil usados com 8 mil revendedores cadastrados.

“A ideia é oferecer uma avaliação transparente para o cliente que chega com seu usado na concessionária, que pode ver isso sendo feito na frente dele com qualquer celular ou tablet conectado à internet. E o concessionário controla muito melhor seu estoque de usados dessa forma, com um inventário de modelos e seus valores que ficam gravados no sistema da empresa”, explica Nino, sócio-diretor do AutoAvaliar, hoje uma divisão da consultoria MegaDealer, especializada em treinamento de planejamento de redes de distribuição. “Ao mesmo tempo, esse estoque pode ser negociado de forma rápida por meio de leilões on-line com os revendedores de usados cadastrados no sistema”, acrescenta.

AVALIAR E REVENDER

A plataforma AutoAvaliar é composta por duas ferramentas digitais, o USBI, sistema de avaliação e gestão de seminovos, e o B2B, para repasse on-line de veículos a lojas de usados. O USBI é conectado ao banco de dados do Detran, por isso basta inserir a placa do veículo no aplicativo do celular ou tablet (roda em Android ou IOS) e o sistema já preenche automaticamente o modelo e ano de fabricação, assim como seu valor na tabela Fipe e a média de preços de transação de sites de negociação como WebMotors e iCarros. Depois o avaliador tira até 16 fotos do carro com o próprio smartphone e informa avarias, como riscos, amassados ou pneus carecas, bem como os respectivos custos de reparação, que serão descontados do preço de compra.

O cliente assiste a avaliação ao vivo e assim sente maior confiança, o que ajuda a fechar a compra do usado e a venda do novo no mesmo estabelecimento. “Muitas concessionárias perdem negócios porque não avaliam bem o seminovo que vai ser a entrada para o zero-quilômetro. Por isso o sistema potencializa as vendas de ambos”, destaca Nino.

Uma vez feita a avaliação, a ficha vai para o arquivo digital do sistema na concessionária. Caso seja fechado o negócio, entra para o estoque de usados da loja que podem ser negociados on-line. Para usar o USBI o concessionário paga mensalidade de R$ 350, mas recupera isso facilmente ao negociar o seminovo por meio do programa de revenda B2B, que interliga atualmente mil concessionárias (de 70 grupos empresariais) diretamente com 8 mil revendedores de usados. Os lojistas pagam para o AutoAvaliar R$ 199 por carro comprado, e R$ 100 são repassados a título de comissão aos concessionários.

GIRO RÁPIDO

“O sistema permite a negociação direta e on-line entre lojistas, sem intermediações, o que aumenta a rentabilidade, pode até dobrar a margem do concessionário em alguns casos, além de fazer o estoque girar rápido”, explica Nino. O negócio é feito por meio de leilão on-line. O concessionário pode optar por fechar a venda rapidamente por valores mais baixos, para fazer girar seu caixa, ou privilegia a rentabilidade esperando por lances mais altos. Em geral, segundo Nino, as transações demoram de 12 horas a sete dias.

“É bastante rápido. Já ouvimos de alguns clientes que nossa plataforma de negociação salvou o negócio deles. Vimos alguns casos de carros usados que estavam esquecidos em pátios de concessionárias por mais de 300 dias, até 700. Com o estoque controlado e a possibilidade de repassar o veículo rapidamente esse problema acaba”, conta Nino.

Em pouco mais de um ano de atuação no mercado, o AutoAvaliar tem uma base de clientes equivalente a 15% da rede de concessionárias do País e 20% das lojas de usados, localizadas em oito Estados do País. Segundo Nino, a projeção é terminar 2016 com 5 mil carros negociados por mês pelo B2B entre concessionárias e revendas, mais que o dobro do volume atual, além de elevar em 100% o número de avaliações mensais feitas via USBI, para algo como 120 mil. No ritmo de expansão atual, o empresário estima fechar o próximo ano com 12 mil a 14 mil lojas usuárias do sistema.



Tags: AutoAvaliar, distribuição, usados, seminovos, concessionárias, revendas, lojas, mercado, negócios.

Comentários

  • Luciana

    Bom dia!!! Quem são seus atuais concessionárias e revendas cadastrados?

  • Eloisa Pereira

    Boa tarde. Gostaria de receber maiores informações sobre esta ferramenta. obrigada.

  • ArlindoRodrigues

    BOANoite!!! Quem são seus atuais concessionárias e revendas cadastrados ?

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência