Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
VW traz nova chefe jurídica da Daimler
Á ex-juíza Christine vai ajudar VW a lidar com a fraude de emissões de carros diesel

Internacional | 16/10/2015 | 19h45

VW traz nova chefe jurídica da Daimler

Christine Hohmann-Dennhardt ocupará assento criado para ela no conselho

REDAÇÃO AB

Em um movimento pouco usual, o Grupo Volkswagen pediu e o Grupo Daimler aceitou rescindir mais cedo o contrato de sua chefe jurídica, Christine Hohmann-Dennhardt, para que a ex-juíza constitucional alemã possa ocupar, a partir de janeiro de 2016, um assento o recém-criado no conselho de administração, dedicado a funções de “integridade e assuntos legais” – exatamente o mesmo nome da posição ocupada por ela até agora na alta diretoria da Daimler. Nota divulgada pela VW já traz implícita a principal missão de Christine, ao afirmar que aceitou a Daimler aceitou seu pedido “no interesse da boa governança corporativa da indústria automotiva alemã”.

Envolvido em um dos maiores escândalos da indústria automotiva mundial, ao ser descoberto fraudando as emissões de poluentes de 11 milhões de carros diesel já vendidos em todo o mundo, na avaliação de analistas o Grupo Volkswagen acabou contaminando negativamente a imagem de outros fabricantes alemães de renome. Por isso, como deixou claro em seu comunicado, o Grupo Daimler deixou ir para a concorrente sua chefe jurídica, cujo contrato só terminaria em fevereiro de 2017.

Christine Hohmann-Dennhardt tem 65 anos e reputação de ser intransigente em suas funções, que envolvem a fiscalização da empresa e seus empregados sobre o atendimento de normas, leis e comportamento ético. Após trabalhar por 11 anos como juíza na corte constitucional da Alemanha, em fevereiro de 2011 ela tornou-se a primeira mulher na história centenária da Daimler a ocupar um cargo na alta direção da companhia, que na época aumentou de seis para sete o número de assentos do board para abrigar Christine como responsável por normas, assuntos legais e questões éticas. Quase o mesmo está fazendo a VW agora, ao criar um assento em seu comitê executivo para tratar dos mesmos temas.

O novo presidente do conselho de supervisão do Grupo VW, Hans Dieter Pötsch, pediu pessoalmente a liberação de Christine à sua contraparte na Daimler, Manfred Bischoff. “Estamos felizes que a Dra. Hohmann-Dennhardt concordou em assumir essa tarefa de responsabilidade, que podemos construir baseados em sua competência e experiência”, afirmou em comunicado Pötsch. “Ao mesmo tempo agradecemos a Daimler por concordar em rescindir mais cedo o contrato da Dra. Hohmann-Dennhardt”, acrescentou.



Tags: Grupo Volkswagen, VW, Christine Hohmann-Dennhardt, conselho, assuntos jurídicos, diesel, escâncalo, fraude.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência