Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 28/10/2015 | 18h45

Venda de pneus às montadoras cai 20,9%

Produção, no entanto, sobe 2,7% por causa do mercado de reposição

REDAÇÃO AB

A venda de pneus às montadoras no acumulado de janeiro a setembro somou 11,28 milhões de unidades, resultando em queda de 20,9% em relação ao mesmo período do ano passado. Os números foram divulgados pela Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP).

O mercado de reposição permanece com bom desempenho, anotando aumento de 10,2% no acumulado do ano sobre o mesmo período de 2014. O destaque foi o segmento de passeio, com 19,24 milhões de unidades e alta de 16,3%.

Isso se refletiu na produção total de pneus, que cresceu 2,7% entre janeiro e setembro deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, totalizando 53,3 milhões de unidades produzidas no período. No setor de carga, porém, a reposição registrou queda discreta de 1,8%.

As exportações no período janeiro-setembro somaram 8,7 milhões de pneus, resultando em queda de 8,5% ante o mesmo período de 2014. “Há um esforço para aumentar a exportação, porém a concorrência global é forte e nosso produto enfrenta restrições tributárias, logísticas e operacionais que limitam sua competitividade no exterior", diz o presidente da Anip, Alberto Mayer.

O volume de negócios para pneus de carga também teve retração importante. O período até setembro teve 5,54 milhões de unidades vendidas, 15,7% a menos que no mesmo intervalo do ano passado. A maior queda do segmento, de 47,3%.



Tags: Pneus, Anip, reposição, Alberto Mayer, montadoras, exportação.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência