Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 10/11/2015 | 13h03

ZF do Brasil avança no desenvolvimento de fornecedores

Empresa pretende elevar a competitividade da cadeia de suprimentos

REDAÇÃO AB

A ZF do Brasil vai iniciar em 2016 uma nova etapa de seu programa de desenvolvimento de fornecedores, que estará centrada em processos produtivos. Vinte e cinco parceiros da cadeia de suprimentos foram escolhidos para participar da iniciativa, cuja primeira fase é dedicada à gestão financeira, em cinco etapas, a primeira das quais ocorreu em setembro. Segundo a sistemista, o objetivo é capacitar e estimular parceiros estratégicos das categorias Tier 2 e Tier 3, elevando a qualidade dos processos industriais na cadeia de autopeças e alavancando a competitividade de seus fornecedores.

No módulo de gestão financeira, em andamento, os fornecedores são atendidos em grupos de cinco empresas, onde consultores visitam cada uma das companhias para analisar as áreas de planejamento, processos e governança corporativa. A Indústria Mecânica Kondor, de Itaquaquecetuba (SP), fornecedora de serviços de usinagem de alta precisão que aderiu ao programa, enxerga boas perspectivas na proposta da sistemista. “A ZF busca a melhoria da cadeia e contribui para a sobrevivência dos fornecedores. Essa é uma forma de demonstrar que não estamos de braços cruzados, somente lamentando a crise. É uma ótima oportunidade para melhorarmos as práticas em todos os processos”, disse Kazunari Okimasu, diretor geral.

O projeto da ZF aconteceu após sua adesão ao Programa de Desenvolvimento de Fornecedores Automotivos, criado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) no final de 2014. Devido às crises econômica e política que ganharam força nos últimos meses os recursos foram temporariamente suspensos. Mesmo assim, os planos de ajuda aos fornecedores se mantiveram por parte da ZF, que convocou o Instituto Euvaldo Lodi para o início dos trabalhos no bloco financeiro. O bloco sobre produção será atendido por colaboradores da ZF.

“No módulo de produção iremos instrumentalizar as ferramentas necessárias para solucionar problemas que tenham sido verificados no módulo financeiro. Por exemplo: se um fornecedor tiver dificuldades com relação à administração de estoque, nós iremos aplicar alguma solução já existente em nossos processos internos, como o Focus Supplier ou a ZF Supplier Academy. O objetivo é levar aos fornecedores uma série de processos de melhorias e práticas que os levem ao estado da arte de fornecimento”, comenta Tarcisio Costa, diretor de gestão de materiais da ZF do Brasil.



Tags: ZF, Indústria Mecânica Kondor, MDIC, Instituto Euvaldo Lodi.

Comentários

  • Marco Trincha

    Este Sr. deveria treinar seu pessoal de Compras a negociarem com os Fornecedores. Fomos espremidos por 03 anos seguidos, sem realinhamentos de preços, rejeitados pela ZF com ameaças de transferência de negócios. O resultado foi que com a mudança de cambio, aumentos de eletricidade e gases em 2015 ficou inviável produzir os componentes. Nesta semana pedimos o phase-out dos componentes, e o Gerente topetudo simplesmente disse, "Eu compro mais de 50 milhões neste commodity, vocês não representam nada para mim". É assim que a ZF trata Fornecedores.

  • Marco Trincha

    Informo que o que escrevi antes foi em uma situação de extremo estresse devido a forma dura de negociação que tenho enfrentado na indústria automotiva. Não sei se isto é uma estratégia corporativa para manter preços baixos ou se é característica pessoal dos negociadores. Em nenhum momento quis denegrir a imagem da referida empresa, que por sinal é excelente, e que pode até não saber como são feitas as negociações e a postura extremamente dura de algumas pessoas. Além disso, isto é a minha opinião e não da empresa em que trabalho. Reitero que o fiz meu desabafo sobre o estilo de negociação, e não sobre a empresa ZF, e inclusive sugeri treinamento sobre este assunto. Espero que isto sirva de feedback para o aprimoramento futuro das relações entre Clientes e Fornecedores, visto que este tipo de pressão de grandes sistemistas sobre pequenos Fornecedores estão levando muitos a fecharem as portas.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência