Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Legislação | 16/11/2015 | 16h50

Depois do Ibama, Procon-SP também multa VW

Empresa foi autuada em mais R$ 8,3 mi pelo órgão de defesa do consumidor

REDAÇÃO AB

Além da multa de R$ 50 milhões aplicada pelo Ibama (veja aqui), a Volkswagen do Brasil também terá de arcar com outros R$ 8,33 milhões estabelecidos pela Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-SP). O órgão autuou a VW por ter vendido no Brasil 17.057 unidades da picape Amarok, fabricadas entre 2011 e 2012, com o software que frauda as emissões de poluentes durante a realização de testes de laboratório.

O comunicado do Procon informa que a montadora terá ainda de realizar recall nos de veículos para retirar o recurso eletrônico. Em outubro, a VW do Brasil já havia informado que fará a correção no primeiro trimestre de 2016. A nova multa aplicada teve como motivo a colocação no mercado de produto em desacordo com as normas técnicas vigentes e a propaganda enganosa por omissão de informação.

Esse mesmo software foi instalado em mais de 11 milhões de motores diesel EA 189 que o Grupo VW vendeu em todo o mundo. Com o dispositivo, os motores conseguem identificar quando o veículo está sendo submetido a testes de emissões. Nesses casos o funcionamento se altera momentaneamente para reduzir as emissões de gases poluentes, principalmente o NOx.



Tags: Volkswagen, VW, Procon, Ibama, Amarok.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência