Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Internacional | 24/11/2015 | 18h43

Bridgestone anuncia compra da Pep Boys, do varejo automotivo nos EUA

Por meio de oferta pública terá controle total em transação de US$ 835 milhões

REDAÇÃO AB

A Bridgestone Retail Operations (BSRO) subsidiária do Grupo Bridgestone e responsável pelas lojas de varejo da marca anuncia um acordo de fusão definitiva no qual irá adquirir a Pep Boys em uma transação de oferta pública no valor estimado em US$ 835 milhões ou US$ 15 por ação. Com sede na Filadélfia, Estados Unidos, a Pep Boys é um dos maiores grupos de serviços automotivos no país com atuação desde 1921. Com o negócio, a Pep Boys irá adicionar cerca de 800 pontos de venda à BRSO, atualmente com 2,2 mil centros de serviços automotivos que operam com as marcas Firestone, Tire Plus, Hibdon Tires Plus e Wheel Works.

“A Bridgestone e a Pep Boys são duas empresas líderes que compartilham uma orgulhosa herança na indústria americana de serviços automotivos. Nossas experiências compartilhadas e compromissos com nossos clientes e funcionários nos ajudará a construir uma organização ainda mais forte”, disse Gary Garfield, CEO e presidente da Bridgestone Americas.

Segundo a Bridgestone, a rede de distribuição da Pep Boys ajudará a alcançar mais consumidores e sua aquisição representa uma expansão imediata em mais de 35% da rede em todo o país.

“Estamos muito animados para nos juntarmos à família de empresas Bridgestone e nos tornar parte da maior companhia de pneus e de serviços automotivos do mundo. Esta fusão proporciona um prêmio significativo aos acionistas da Pep Boys e oferece novas oportunidades para os nossos colaboradores participarem de um negócio maior. Estamos ansiosos para trabalhar com a equipe Bridgestone e por uma transição tranquila e bem-sucedida”, disse Scott Sider, CEO da Pep Boys.

O fechamento do negócio está condicionado a aceitação da maioria dos acionistas da Pep Boys. Após a conclusão da oferta, ambas as empresas vão completar a fusão em que as ações da Pep Boys que não foram para oferta pública serão canceladas e convertidas no direito de receber US$ 15,00 por ação. Após a transação, a Pep Boys será totalmente integrada e operará sob a alçada da BSRO e suas ações não serão mais negociadas na Bolsa de Nova York.



Tags: Bridgestone, oferta pública, Pep Boys, varejo automotivo.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência