NOTÍCIAS
17/12/2015 | 20h01

Lançamentos

Novo Honda Accord chega em janeiro dos EUA

Preço do sedã de luxo deverá girar em torno de R$ 160 mil


PEDRO KUTNEY, AB

Sem tanta fama no segmento de luxo, mas com a boa reputação de construir carros de qualidade confiável, a Honda colocará à venda em janeiro próximo o novo Accord, importado dos Estados Unidos, que no Brasil será seu carro topo de gama: um espaçoso sedã de quase 5 metros de comprimento e entre-eixos de 2,77 m, equipado com motor V6 de 3,5 litros e 280 cavalos. A estratégia para encaixar o modelo por aqui, já bem conhecida, é colocar o preço abaixo de figurões do segmento com logomarcas mais desejadas, que custam acima dos R$ 200 mil. A Honda ainda não definiu o valor de tabela do Accord 2016, pois depende bastante da variação do dólar, mas calcula-se que deverá girar em torno de R$ 160 mil, pouco mais de R$ 10 mil mais caro que a versão atual, ainda com algum estoque a vender por R$ 147,9 mil.

Nesse segmento, é difícil bater os mais baratos equipados com motores menores, como o Ford Fusion que vem do México sem pagar imposto de importação. Por isso mesmo as ambições da Honda são modestas: vender em 2016 de 100 a 120 Accord, número menor que o total de concessionárias da marca no País, mas sempre com o discurso pronto de “estamos preparados para trazer mais se o mercado demandar”.

A Honda destaca o grau acima de sofisticação e modernidade que o design completamente novo confere ao Accord, até então um sedã bastante apagado, sem personalidade. O carro, apresentado a jornalistas neste fim de 2015, para a Honda agora tem “visual mais moderno e imponente”. O Accord 2016 incorpora algumas novas tecnologias, como todo o conjunto óptico, lanternas e faróis, 100% iluminados por lâmpadas de LED – o que por si só já ajuda bastante a “iluminar” a aparência do veículo. Por fora, um dos destaques é a nova frente, que deu um toque de esportividade ao sedã. Capô e para-choques têm vincos acentuados e se integram a uma nova grade cromada. Os vincos também estão nas linhas laterais.

TECNOLOGIAS

O modelo será vendido no Brasil apenas na versão EX, equipada com o motor i-VTEC 3.5 V6 e câmbio automático de seis marchas, agora com aletas atrás do volante multifuncional para trocas manuais. A principal novidade é que o motor tem sistema eletrônico de desligamento de três de seus seis cilindros quando não há demanda por potência, para economizar combustível em situações de trânsito, por exemplo. Segundo a fabricante, um bem engendrado conjunto de coxins eletro-hidráulicos impede que o motorista perceba qualquer diferença no funcionamento do motor no liga ou desliga dos cilindros.

Outra tecnologia incorporada ao novo Accord é o sistema de partida a distância, com acionamento pela chave. A vantagem é poder acionar o ar-condicionado automático dual zone para climatizar a cabine a 22° C antes de entrar no carro. O Accord 2016 também tem abertura da porta do motorista por aproximação, acendimento automático dos faróis (sensor crepuscular), sensor de chuva e teto solar elétrico.No interior, as principais novidades são as pedaleiras esportivas em alumínio com iluminação; o acabamento com revestimento preto e detalhes em imitação de madeira (não nega a origem americana); o novo painel de instrumentos; a central multimídia com navegador integrado. Os bancos são revestido em couro sintético, assim como a alavanca do câmbio e o volante multifuncional, que integra comandos do sistema de áudio e do piloto automático (cruise control).

Uma bem bolada exclusividade do Accord 2016 é o ANC, sigla de Active Noise Control e Active Sound Control, que garante mais silêncio a bordo. O dispositivo que capta ruídos e vibrações na cabine por meio de um microfone e, por meio do sistema de alto-falantes, emite ondas contrárias, “apagando” assim qualquer barulho.

A central multimídia com tela de 7” multi touchscreen mostra os dados de navegação por GPS integrado com informações de trânsito por meio de radiofrequência (sem necessidade de conexão com smartphones) das principais capitais do País – São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Curitiba, inicialmente. O sistema permite ainda conexão wi-fi com o uso de browser, para acesso à internet (quando o veículo não estiver em movimento), além da conexão Bluetooth para realizar e atender chamadas telefônicas e reproduzir áudio, compatível com Apple CarPlay e Android Auto, para espelhar aplicativos de celulares e tablets diretamente na tela do veículo.

Uma entrada HDMI permite a reprodução de áudio, vídeo e imagens em alta definição por meio de dispositivos como notebooks e câmeras digitais. Existem, ainda, duas entradas USB para MP3 player, pen drive e iPod/iPhone/iPad, além do DVD player e uma entrada auxiliar. O conjunto é complementado por um sistema de áudio com alto-falantes nas quatro portas, dois tweeters na dianteira e um subwoofer na traseira.

Além dos sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, outro avanço tecnológico incorporado é a reprodução de imagem da câmera de ré em três modos de visão: normal, com campo ampliado e de cima para baixo. Do lado direito, o retrovisor tem dispositivo que monitora o ponto cego por meio de uma câmera localizada abaixo do espelho e mostra as imagens no display.

O pacote de segurança é completo: o Accord tem freios com ABS (antitravamento) e EBD (distribuição eletrônica de frenagem), controle de tração/estabilidade VSA (Vehicle Stability Assist) e sistema de direção elétrica MA-EPS (Motion Adaptive Electric Power Steering), que interpreta o movimento do motorista, favorecendo ou enrijecendo o esterço da direção quando o carro começa a sair da trajetória em uma curva, auxiliando na retomada do controle do veículo. O modelo é equipado, ainda, com o HSA (Hill Start Assist), assistente de partida em rampa, que mantém o carro freado por alguns segundos para auxiliar a saída em ladeiras. Também estão incluídos seis airbags, sendo dois frontais de duplo estágio, dois laterais dianteiros com SmartVent – que reduz o risco de força excessiva de abertura das bolsas – e de dois tipo cortina no alto das laterais.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:


QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 13/12/2017
Requisitos de segurança têm de se adequar à realidade local de mercado

Esta coluna é apoiada por:

Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
AUTOINFORME | 07/12/2017
Aumenta pressão por manter mercado protegido dos importados
INOVAÇÃO | 25/10/2017
Indústria precisa questionar qual será o seu papel no futuro
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
DE CARRO POR AÍ | 08/12/2017
Programa de desenvolvimento do setor insiste em protecionismo
QUALIDADE | 01/12/2017
Envolver e motivar colaboradores é essencial para gerar bons resultados
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018