Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 12/01/2016 | 18h09

PSA Peugeot Citroën fecha 2015 com resultado positivo

Vendas globais do Grupo cresceram 1,2% mesmo com queda na América Latina

REDAÇÃO AB

A PSA Peugeot Citroën encerrou 2015 com leve crescimento em suas vendas globais. A companhia entregou 2,97 milhões de veículos, com evolução de 1,2% na comparação com o resultado de 2014. A performance da companhia melhorou na Europa, na região que inclui África e Oriente Médio e na Índia-Pacífico. Em compensação, foram registradas queda na América Latina, puxada pelo Brasil, e na Eurásia.

Na Europa a companhia vendeu 1,86 milhão de veículos, com alta de 5,9%. Do total, 1,05 milhão de unidades foram de carros da Peugeot. A marca, responsável por impulsionar a expansão da companhia, cresceu 9,4% no continente no ano com a boa demanda pelo 308, 2008 e 208. A Citroën também avançou, alcançando seu melhor resultado desde 2012. Houve expansão de 3%, para 731 mil veículos negociados na região. A DS, marca premium do Grupo, somou 76,5 mil veículos licenciados.

A PSA manteve estável a performance na China e no Sudeste Asiático, com leve redução de 0,9%, para 736 mil casos. Destes, 408 mil eram Peugeot e 300 mil Citroën. Parcela de 21,5 mil unidades foi de veículos da marca DS, que tem na China seu principal mercado, com 21% de participação no resultado global.

A África-Oriente Médio também trouxe resultado positivo para o Grupo, com 180,2 mil veículos vendidos. O volume é 6,4% superior ao anotado no ano anterior. Nos países que compõe a região foram vendidos 117 mil carros da Peugeot, com alta de 2,3%, e 61,5 mil unidades da Citroën, com expansão de 16,1%. A estratégia da companhia inclui o lançamento da marca DS este ano, com a abertura de lojas exclusivas.

A performance positiva não foi reproduzida pela marca na América Latina e na Eurásia, regiões que enfrentam dificuldades econômicas. Bastante influenciado pelo Brasil, o resultado da PSA na América Latina piorou em 21% na comparação anual. Na Eurásia a queda chegou a 73%.



Tags: PSA Peugeot Citroën, vendas, negócios.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência