Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Procura por máquinas cai mais que o esperado

Mercado | 04/02/2016 | 18h45

Procura por máquinas cai mais que o esperado

Setor recua 53,2% em janeiro; ano começa com pouco mais de mil tratores

MÁRIO CURCIO, AB

O fraco desempenho no setor de máquinas agrícolas e rodoviárias em janeiro surpreendeu até mesmo os fabricantes do setor. Em janeiro foram vendidas 1.570 unidades, volume 53,2% menor que o do primeiro mês do ano passado. No caso dos tratores de rodas, as 1,1 mil unidades resultaram em queda ainda mais acentuada, de 57,9%. “Confesso que não esperávamos uma queda tão acentuada para esses modelos. Isso mostra que as questões políticas contaminam o nível de confiança do consumidor”, afirma Luiz Moan, presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

-Veja aqui os números da entidade

As colheitadeiras tiveram queda menor, de 12,2%, porque o mês é forte na venda desses equipamentos. Já a entrega de 102 retroescavadeiras em janeiro resultou em recuo expressivo de 61,8% ante o mesmo mês de 2015. “Isso reflete a queda no setor da construção civil e também o fato de que o início do ano passado ainda estava sob o efeito das compras do PAC”, recorda Moan sobre o Programa de Aceleração do Crescimento.

Os tratores de esteiras também anotaram retração, mas de 28,6%, com 25 unidades entregues. Sobre o desempenho do setor, Moan afirma: “Esperamos uma reversão nos próximos meses.” A entidade projeta pequeno crescimento de 2% nas vendas de máquinas em 2016.

PRODUÇÃO E EXPORTAÇÕES

A produção de máquinas agrícolas e rodoviárias em janeiro somou 1,6 mil unidades, resultando em queda de 64,8% ante janeiro do ano passado. “Nos próximos meses ainda teremos produção muito baixa para ajuste dos estoques”, adverte Moan. O baixo desempenho do segmento reflete a pequena produção de tratores de rodas e consequente queda de 64,7%, quase a mesma do setor como um todo. A produção de colheitadeiras somou 269 unidades, levando em recuo de 41,8%.

As exportações do setor somaram 328 unidades neste início de ano, com queda de 40,6%. O único segmento de máquinas que passou de uma centena de embarques foi o de tratores de rodas, com 143 unidades. As 33 colheitadeiras exportadas representaram queda de 70% e as 53 retroescavadeiras, de 63,9%.

Confira, em vídeo, o balanço dos resultados da indústria automotiva em janeiro de 2016:



Tags: Anfavea, máquinas agrícolas, tratores de rodas, Luiz Moan, colheitadeiras.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência