NOTÍCIAS
15/03/2016 | 17h45

Comerciais

MAN Latin America lança 1º Volksbus com piso baixo

Primeiras 250 unidades do micro 8.160 OD vão para o Caminho da Escola


REDAÇÃO AB

Ricardo Alouche, VP de vendas, marketing e pós-vendas da MAN Latin America e o ônibus de piso baixo
A MAN Latin America lança seu primeiro micro-ônibus configurado com piso baixo, o chassi Volksbus 8.160 OD. Desenvolvido para vias urbanas, o modelo é indicado para linhas alimentadoras do transporte público e transporte escolar. A empresa adianta que o veículo servirá primeiro ao Caminho da Escola, programa do governo em parceria com os municípios que promove a renovação de frota de ônibus escolares nas áreas rurais e urbanas do País, com carroceria Marcopolo.

“O modelo estreia no Caminho da Escola, pois ganhamos uma licitação para a entrega de 250 unidades ao programa e estamos certos de que essa configuração contribuirá muito também na aplicação do transporte público das grandes cidades”, afirma Ricardo Alouche, vice-presidente de vendas, marketing e pós-vendas da MAN Latin America.

O chassi 8.160 OD que além do piso baixo também ganhou suspensão pneumática, traz entre-eixo de 5 metros, possibilitando carrocerias de até 7 metros e a opção de portas em ambos os lados, além de três boxes para cadeirantes. Continua equipado com o motor Cummins ISF SCR de 3,8 litros e transmissão manual ZF S5 420, de cinco marchas.

A configuração de piso baixo também estará disponível para o chassi Volksbus 9.160 OD, com entre-eixo de 5 metros e com capacidade para carrocerias de até 9 metros. Possui as mesmas características do irmão menor 8.160 OD, incluindo a motorização e caixa de transmissão.

Os modelos chegam para concorrer com o Volare Access, miniônibus urbano com piso baixo lançado no ano passado (leia aqui).

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:


QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 13/12/2017
Requisitos de segurança têm de se adequar à realidade local de mercado

Esta coluna é apoiada por:

Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
INOVAÇÃO | 25/10/2017
Indústria precisa questionar qual será o seu papel no futuro
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
DE CARRO POR AÍ | 15/12/2017
Governo oferece incentivo para instalação de fábrica em Itumbiara
QUALIDADE | 01/12/2017
Envolver e motivar colaboradores é essencial para gerar bons resultados
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
AUTOINFORME | 15/12/2017
Coreia constrói ambiente urbano planejado e inteligente
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018