Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Volvo Bus lança modelo B310R e busca liderança em rodoviários

Comerciais | 18/03/2016 | 17h04

Volvo Bus lança modelo B310R e busca liderança em rodoviários

Com novidade, companhia quer manter o patamar de vendas de ônibus de 2015

GIOVANNA RIATO, AB | De Curitiba (PR)

Em momento de mercado retraído, a Volvo Bus apresentou novidade para esquentar suas vendas, o chassi B310R 4x2, voltado a médias distancias. Com a novidade, a montadora amplia sua linha de ônibus rodoviários para oito modelos e dá mais um passo para alcançar a meta de ser líder do segmento, que responde por 50% dos negócios da empresa na América Latina atualmente.

A Volvo Bus já subiu da terceira para a segunda colocação no mercado interno, superando a Scania. Hoje, com 23% de participação nas vendas de rodoviários, o desafio é desbancar a Mercedes-Benz, que detém fatia bem maior das vendas.”A vantagem é que este segmento é mais estável, com demanda constante, enquanto o de urbanos está sujeito a grande sazonalidade”, esclarece Luis Carlos Pimenta, presidente da companhia na América Latina.

Para disputar as vendas, o B310R promete ser o mais econômico do segmento, com redução de 3% a 7% no consumo de combustível na comparação com os concorrentes, assegura a fabricante. Segundo a Volvo Bus, a performance é garantida pelo motor de 11 litros e 310 cv e chassi ao menos 400 quilos mais leve do que o de qualquer outra montadora. O modelo pode transportar até 52 passageiros, dependendo da carroceria que recebe.

Assim como os outros ônibus da gama, o B310R, chega com caixa de cambio automatizada I-Shift, freio motor VEB, suspensão eletrônica e freio a disco EBS de série. Feito sobre a mesma plataforma do resto da linha de chassis da marca, há alto compartilhamento de componentes. Segundo a Volvo, esta característica torna mais simples a manutenção.

MERCADO

Em 2015, enquanto o mercado brasileiro de ônibus encolheu 36,6%, para 20,3 mil unidades, as vendas da Volvo caíram 49,4%. Ao longo do ano a operação da empresa na América Latina vendeu 2 mil chassis, entre rodoviários e urbanos, com metade do volume destinado ao mercado externo. A meta é pelo menos repetir este número em 2016, mas com participação ainda maior das exportações. “A América do Sul está em bom momento para rodoviários, com demanda no Chile, Argentina e Peru.”, conta Pimenta.

O esforço para aumentar as entregas a outros países pretende compensar o fraco ritmo do mercado interno. O executivo afirma que, neste início de ano, a baixa das vendas aos clientes locais fez as exportações responderem por expressivos 70% dos negócios da operação da empresa no Brasil. Com isso, a planta da montadora em Curitiba hoje mal consegue preencher um turno de produção, que permite a fabricação de 7 chassis por dia.

Pimenta aponta que a procura por renovação no segmento de urbanos está bem mais fraca do que a esperada para um ano de eleições municipais no Brasil. Já as compras de rodoviários são abaladas pela queda da economia e por indefinição de algumas legislações importantes, como a que vai determinar se os ônibus precisam ou não ter elevador para passageiros com necessidades especiais. “O cliente fica retraído e prefere não investir enquanto estes marcos regulatórios não são especificados”, esclarece.

Hakan Agnevall, presidente mundial da companhia, esteve no Brasil para o lançamento do chassi B310R, como faz cerca de duas vezes por ano. Apesar das grande dificuldades locais, ele garantiu que a América Latina segue como um grande mercado. “A região respondeu em 2015 por 17% dos nossos no ano passado”, conta. Ele defende que o momento é passageiro e, portanto, o plano é seguir investindo em novos produtos e tecnologia para largar na frente quando o mercado local voltar a crescer.



Tags: Volvo Bus, híbrido, ônibus.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência