Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Carreira | 01/04/2016 | 18h21

Flavio Padovan anuncia saída do Grupo Caoa

Após quase 2 anos na empresa, executivo vai se dedicar a um novo projeto

REDAÇÃO AB

Pouco menos de dois anos depois de ter assumido a diretoria geral da Subaru no Brasil, Flávio Padovan anuncia a sua saída do Grupo Caoa, que representa a marca no Brasil, além de montar modelos da Hyundai e distribuir carros da Ford, com total de 131 concessionárias espalhadas pelo Brasil. Sem detalhar, o executivo aponta que se dedicará a um novo projeto.

No início de março Padovan foi nomeado vice-presidente de vendas e marketing do Grupo Caoa, função que acumularia com a direção da Subaru. A mudança era parte de alterações que a companhia anunciou naquele momento para a sua estrutura de gestão. Com a novidade, o executivo decidiu sair da empresa antes de começar um ciclo de ações em busca de resultados na nova posição.

“Percebi que os meus planos poderiam acontecer mais rapidamente do que imaginava e teria de deixar a Caoa ao longo do ano de 2016. Isso interromperia o cronograma de implementação das ações planejadas e entendi que seria mais correto e adequado sair agora”, declarou Padovan em comunicado distribuído pela empresa.

Assim, o executivo deixa para trás bons resultados de sua gestão na Subaru, período em que as vendas de carros da marca aumentaram 122%, para 1,6 mil unidades em 2015. Ele desenvolveu uma série de iniciativas para melhorar a performance da empresa no Brasil, como o aumento do portfólio de veículos da marca, a abertura de mais concessionárias e ações de comunicação com os consumidores.



Tags: Flávio Padovan, Caoa, Subaru.

Comentários

  • Feliciano JR

    1º de abril ????

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência