Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Com aposta no futuro, Mercedes-Benz comemora 60 anos no Brasil
Buchner, Schiemer e Bernhard celebram o marco da companhia no Brasil

Indústria | 28/04/2016 | 18h30

Com aposta no futuro, Mercedes-Benz comemora 60 anos no Brasil

Empresa aposta no longo prazo e segue com investimento de R$ 730 milhões

GIOVANNA RIATO, AB

O desanimado ritmo dos negócios no mercado automotivo brasileiro não impediu a Mercedes-Benz de comemorar seu aniversário de 60 anos no País. Na quinta-feira, 28, a empresa iniciou os eventos que marcam a data na fábrica de São Bernardo do Campo (SP), onde são feitos caminhões e ônibus. Além da diretoria da montadora no Brasil, participaram da comemoração Wolfgang Bernhard, membro do conselho de administração da Daimler responsável pela divisão de caminhões e ônibus, e Stefan Buchner, presidente da Mercedes-Benz Caminhões.

  “Vai demorar pelo menos entre 3 e 4 anos para voltarmos ao patamar recorde registrado em 2011. Mas estamos pensando no longo prazo, por isso mantemos os nossos investimentos no País”, declarou Bernhard. A empresa aplica R$ 730 milhões na operação nacional de veículos comerciais até 2018. O aporte integra o pacote de R$ 1,3 bilhão que também atendeu a construção da fábrica de automóveis Mercedes-Benz em Iracemápolis (SP), inaugurada no último mês de março (leia aqui). Depois deste aporte, no entanto, não há previsão de que novo pacote seja definido tão cedo. "Não estamos discutindo nada por enquanto, mas temos de lembrar que, neste momento, muitas empresas estão revendo os investimentos e nós mantemos os nossos", diz Bernhard.  

“Depois de anos fortes, o Brasil enfrenta tempos difíceis. Esta não é a primeira crise que passamos aqui e pode ser também uma oportunidade, já que a situação nos força a enfrentar nossas fraquezas e buscar competitividade”, declara. Apesar do tom ameno, o executivo segue a mesma linha defendida por Philipp Schiemer, presidente da companhia no Brasil, ao atribuir ao governo completa responsabilidade pela crise atual.  

A empresa usufruiu de juros subsidiados pelo BNDES no financiamento de veículos comerciais para alcançar os picos de vendas de caminhões e ônibus nos últimos anos. Depois que o período de incentivos generosos para a indústria ficou para trás, a companhia se posiciona claramente a favor de uma troca de gestão no País. “O Brasil precisa de um governo verdadeiramente respeitado pela população e pelas empresas. Só com solução para a crise política nós resolveremos a crise econômica”, defende Wolfgang.  

Para Schiemer, a dificuldade que o País enfrenta foi forjada internamente com má administração e política econômica equivocada. “É uma crise desnecessária enquanto o resto do mundo cresce”, reforça. “Nos últimos meses a previsibilidade do mercado nacional tem sido de uma semana.” Segundo o executivo, além de ter freado os negócios da montadora, a situação tem consequências severas para os parceiros da empresa na cadeia de suprimentos e na área de distribuição. “De qualquer forma, acreditamos no potencial para sair dessa crise e estamos trabalhando para isso”, aponta.   

LONGA TRAJETÓRIA   

Ao mesmo tempo em que alerta para a situação difícil no curto prazo, a Mercedes-Benz mostra orgulho da longa história no Brasil e aposta no futuro. “Fizemos parte do desenvolvimento econômico do País”, diz Schiemer. Ele lembra que, em 1956, a companhia começou a fazer os primeiros veículos nacionais a diesel como um dos grandes marcos deste processo. “No Brasil, quatro em cada 10 caminhões em circulação são Mercedes-Benz. No segmento de ônibus lideramos as vendas desde que chegamos”, destaca. 

Para contrastar com as inovações do passado, a empresa aproveita seu aniversário de 60 anos e mostra pela primeira vez no Brasil o Future Truck 2025, conceito de caminhão autônomo que antecipa a ambição da empresa de produzir em série veículos de grande porte com a tecnologia já na próxima década. Stefan Buchner adiantou, no entanto, que para a novidade chegar ao País seria necessário grande avanço e modernização das estradas e rodovias. Schiemer ameniza e garante: “Mesmo que demore um pouco mais, a tecnologia vai chegar ao mercado nacional.”

Hoje a linha de produtos vendida localmente já incorpora tecnologias importantes de assistência à direção, principalmente no Actros, modelo mais pesado e tecnológico da gama. A estrutura local da empresa soma duas fábricas de veículos comerciais: em São Bernardo do Campo (SP), onde também são produzidos eixos, motores e transmissões, e em Juiz de Fora (MG), que concentra a operação de soldagem e pintura das cabines de caminhões. Há ainda a recém-inaugurada planta de automóveis em Iracemápolis (SP).



Tags: Mercedes-Benz, 60 anos, indústria, fábrica, produção, caminhões.

Comentários

  • Odmar Feitosa

    Queria parabenizar a MBB pelos seus 60 anos e dizer que faço parte dessa história há 15 anos, estamos infretando adversidades em nossa economia Nacional, mas o que nus conforta é que temos sem sombra de dúvidas "A MAIOR E MELHOR" linha de veículos comercias do Brasil, lembrando também que com essa nova administração inovadora do nosso Presidente Phillip Schiemer e seus comandados, com certeza consigamos passar esse momento nebuloso menos traumático . Sds.

  • Gilmar

    Gostaria de parabenizar esta data histórica no Brasil, e frisar que mais da metade faço parte deste tempo, faço parte destes colaboradores. Parabens MBB.

  • Anderson Lopes Lucio

    Parabéns mercedes, marca mais respeitada e admirada no Brasil, espero que essa estrela brilhe cada vez mais forte.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência