Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Usados recuam 4,1% no 1º quadrimestre

Mercado | 06/05/2016 | 15h05

Usados recuam 4,1% no 1º quadrimestre

Número foi puxado pelo mau desempenho dos comerciais leves no período

REDAÇÃO AB

A venda veículos de usados no primeiro quadrimestre registrou queda de 4,1% ante igual período do ano passado. A retração foi puxada pelo fraco desempenho dos comerciais leves. De janeiro a abril, esses modelos usados especialmente no transporte urbano de mercadorias tiveram 419 mil unidades negociadas, 28,3% a menos que no primeiro quadrimestre de 2015, refletindo o desaquecimento da economia. Os números foram divulgados pela Fenauto, entidade que reúne revendedores de veículos usados.

- Veja aqui os números da Fenauto

“O consumidor se mostra cauteloso em assumir o financiamento de um seminovo ou usado. Essa situação pode perdurar por algum tempo pela indefinição do cenário da economia brasileira”, afirma o presidente da Fenauto, Ilídio dos Santos.

De acordo com o estudo, a venda de carros de passeio de janeiro até abril registrou 2,56 milhões de unidades e praticamente manteve o patamar alcançado nos primeiros quatro meses do ano passado. O melhor desempenho no período foi dos seminovos, com até três anos de uso, cujos negócios cresceram 23,8%. Isso indica a migração dos compradores de zero-quilômetro para o mercado de usados. Já os veículos velhinhos, de 13 anos ou mais, registraram o maior declínio, 17,3% na comparação com os mesmos quatro meses do ano anterior.

Volkswagen Gol, Fiat Uno e Fiat Palio foram os três usados mais negociados. Fiat Strada, VW Saveiro e Toyota Hilux lideraram entre os comerciais leves.

CENÁRIO ESTÁVEL TAMBÉM PARA PESADOS

De acordo com a Fenauto, nos primeiros quatro meses de 2016 foram negociados no País 102,2 mil comerciais pesados de segunda mão. A comparação com o mesmo período de 2015 revela queda inferior a 1% e indica boa movimentação no mercado de caminhões, em oposição à venda dos zero-quilômetro, que apresenta queda de 31,7% (leia aqui).

MOTOS USADAS TÊM LEVE QUEDA DE 2,4%

De janeiro a abril foram negociadas 872,9 mil motos usadas no Brasil, total 2,4% menor que o anotado no primeiro quadrimestre de 2015. Este é outro segmento com comportamento bem distinto dos zero-quilômetro, cuja retração no acumulado do ano está próxima de 13% (veja aqui). Das cinco motos usadas mais vendidas, quarto são Honda: CG 150, CG 125, Biz e Bros.



Tags: Usados, automóveis, comerciais leves, motos, Ilídio dos Santos, Fenauto, caminhões, ônibus.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência