Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Grupo VW vende 3,36 milhões de veículos até abril

Balanço | 13/05/2016 | 19h14

Grupo VW vende 3,36 milhões de veículos até abril

Crescimento no quadrimestre foi contido pelo desempenho da marca-mãe

REDAÇÃO AB

As vendas do Grupo VW no primeiro quadrimestre somaram 3,36 milhões de unidades, volume apenas 0,6% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. O grupo ainda lamenta o fraco desempenho no mercado sul-americano.

De janeiro a abril a região absorveu 149,6 mil unidades e registrou queda de 25,4%. A redução foi acentuada pelo fraco desempenho no Brasil, onde as 95,5 mil unidades entregues foram 33,6% menores que as anotadas pelo grupo em iguais meses de 2015.

Na América do Norte, os 283,8 mil veículos entregues indicaram estabilidade. Nos Estados Unidos, porém, as 174,5 mil unidades vendidas nos Estados Unidos resultaram em queda de 5,1%. As entregas menores no país vêm prejudicando o desempenho do grupo na América do Norte desde 2015 e o escândalo dieselgate vem impedindo o bom desempenho da companhia.

O continente europeu assimilou 1,46 milhão de veículos do Grupo VW e cresceu 3,4% sobre igual período do ano passado. Na Europa Ocidental foram vendidos 1,2 milhão de veículos, com acréscimo de 3,3%.

As porções central e oriental do continente adquiriram 208,2 mil veículos e anotaram alta de 4,2%. O grupo recorda que em abril a Rússia registrou sua primeira alta em vários meses. No acumulado do ano, contudo, as 50,6 mil unidades entregues no país resultaram em 12,2% de queda na comparação com os mesmos meses do ano passado.

A Ásia-Pacífico comprou sozinha até abril 1,36 milhão de veículos e cresceu 3,1%. Desse total, a China adquiriu 1,25 milhão de unidades e teve alta mais expressiva, de 4,8%.

DESEMPENHO POR MARCA

Nos quatro primeiros meses de 2016 a marca Volkswagen entregou 1,93 milhão de automóveis e registrou pequena queda de 2% ante o mesmo período do ano passado. A marca premium Audi mantém a trajetória de alta, com 620,1 mil vendas no período e crescimento de 4,9%.

A tcheca Skoda anotou 373,9 mil veículos vendidos e cresceu 4,7%, enquanto a espanhola Seat, com suas 138,6 mil unidades, praticamente repetiu o fraco resultado de 2015. Das divisões de automóveis com volumes mais expressivos foi a Porsche que mais cresceu no quadrimestre, 6,8%. A marca de Stuttgart entregou de janeiro a abril 77,5 mil unidades. A procura aquecida pelo Macan e a renovação da linha 911 vêm ajudando os resultados da fábrica de esportivos.

A divisão Volkswagen Veículos Comerciais anotou no período 154,6 mil unidades e acréscimo de 4,7%. A fabricante de caminhões MAN cresceu 4,9% ao entregar 31,8 mil veículos. A Scania obteve alta pouco mais expressiva por ter repassado 25,4 mil caminhões de janeiro até abril.



Tags: VW, Grupo VW, Volkswagen, Audi, Skoda, Seat, Porsche, MAN, Scania.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência