Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Renault Kwid é nota zero em segurança na Índia

Internacional | 17/05/2016 | 18h44

Renault Kwid é nota zero em segurança na Índia

Modelo passará a ser produzido no Brasil ainda em 2016

REDAÇÃO AB

O Global NCAP expôs mais uma vez o descaso de algumas montadoras com a segurança dos ocupantes de seus veículos. A entidade realizou uma bateria de testes com carros vendidos no mercado indiano como parte da campanha Safer Cars for India. Foram avaliados cinco modelos e todos eles receberam nota zero em segurança aos ocupantes adultos, sem conquistar nenhuma estrela das cinco possíveis.

Entre os destaques está o Renault Kwid, compacto que será produzido e vendido no Brasil ainda em 2016. A versão indiana do automóvel foi testada em três configurações, uma delas com airbag para o condutor. Ainda assim, nenhuma delas teve performance melhor. A nota foi zero em proteção ao ocupante adulto e apenas duas estrelas em segurança para crianças. Segundo a organização, o veículo tem estrutura instável.

A configuração com airbag mostra que a companhia implementou algumas melhorias sugeridas pelo Global NCAP, como a bolsa de ar e reforços estruturais. Estas adaptações, no entanto, foram feitas apenas do lado do condutor, deixando o passageiro desprotegido. Por isso até mesmo esta versão não recebeu uma estrela sequer.

Segundo o Global NCAP, os resultados da bateria de testes “mostram quão importante é para os carros ter carroceria que permaneça estável em caso de impacto. Esse é um pré-requisito absolutamente crucial para a segurança dos ocupantes, ao lado de pelo menos airbags frontais. É surpreendente que uma montadora como a Renault tenha lançado o Kwid inicialmente sem esta característica essencial”, apontou em comunicado David Ward, secretário geral da entidade.

Ele enfatiza que é injustificável que uma fabricante de veículos desenvolva novos carros que estejam claramente abaixo dos padrões de segurança, independentemente do país onde isso aconteça. “A Renault tem amplo histórico de realizações em segurança na Europa e deveria ter o mesmo comprometimento com os consumidores na Índia”, defende.

O Global NCAP testou ainda nesta bateria os Maruti Suzuki Celerio e Eeco, Mahindra Scorpio e Hyundai Eon, todos classificados com zero estrela em proteção aos adultos. “Os resultados mostram a importância da decisão do governo indiano de tornar obrigatórios testes de impacto frontal e lateral a partir de outubro de 2017. Ações legislativas são necessárias para garantir o nível mínimo de proteção aos ocupantes recomendados pela Organização das Nações Unidas (ONU). Ainda assim, os fabricantes não precisam esperar e devem encerrar a produção de todos os carros com zero estrela em segurança o mais rápido possível.”



Tags: Renault, Kwid, Global NCAP, segurança.

Comentários

  • Pascual OLiveros Doong

    Na minha opinião os fabricantes com testes de segurança zerado mas continua fabricando e vendendo estas unidades no pais, devem arcar com o seguro de vida dos compradores, desta forma pelo menos os sobreviventes, seja o condutor e dono do veículo e os familiares dos mesmos não fiquem desamparados Pascual O. Doong

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência