Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Trabalho | 23/05/2016 | 16h25

General Motors vai contratar 200 empregados em São José dos Campos

Com alta demanda da picape S10 para exportações, 2º turno será reaberto

REDAÇÃO AB

A General Motors vai contratar 200 empregados para a fábrica de São José dos Campos (SP), uma das medidas aprovadas por cerca de 3 mil trabalhadores em assembleia realizada na manhã da segunda-feira, 23, pelo sindicato dos metalúrgicos da região. Os novos contratados serão incorporados ao segundo turno da unidade, que será reaberto até o fim de junho para sustentar a produção da picape S10, cuja demanda segue em alta puxada pelas exportações para mercados da América Latina. Procurada, a GM não quis comentar.

Em comunicado, o sindicato informa que a produção do primeiro turno ficou acima da capacidade, levando a empresa a optar pela reabertura do segundo turno. A entidade afirma ainda que a GM já está montando um banco de dados para as novas contratações e que os futuros empregados deverão passar por treinamento. Atualmente, a unidade de São José dos Campos emprega 4,3 mil trabalhadores e além da picape S10 é a responsável pela produção da Trailblazer, motores e transmissões.

PLR

Além da contratação dos novos empregados, os metalúrgicos também aprovaram o valor da participação nos lucros e resultados (PLR) para 2016, que foi negociado entre a montadora e o sindicato. Após sete reuniões ao longo deste mês, ficou acertado que será paga uma antecipação da PLR no valor de R$ 8.600 ainda em maio e a segunda parcela em janeiro de 2017.

Já o valor total da PLR será vinculado a metas do volume de produção no ano: de 35 a 37 mil veículos (80% da meta) o valor total de PLR será de R$ 11.280; se a produção chegar a 42 mil veículos (100% da meta), o valor será R$ 14.100 e se ultrapassar as 44 mil unidades (120% da meta), a PLR será fechada em R$ 16.920.

“Conseguimos reverter o valor rebaixado imposto pela empresa no ano passado. Isso representa uma importante vitória para os trabalhadores da GM”, afirma o presidente do sindicato dos metalúrgicos, Antônio Ferreira de Barros, o Macapá.

O sindicato observa que o valor da PLR em São José dos Campos é superior ao que será pago aos trabalhadores da unidade de São Caetano do Sul, no ABC Paulista, onde o sindicato local fechou com a empresa o valor de R$ 11 mil, com congelamento de salários e apesar das 180 demissões.



Tags: General Motors, GM, metalúrgicos, contratações, PLR, São José dos Campos.

Comentários

  • Jeiel Assunção

    .....Muito bm para o crecimento da Cidade,, que Deus abençoe todos VCS....

  • alcebiades donizete

    gostaria de saber sobre as pessoas que fizeram o processo seletivo e as entrevistas e o exame medico,estou aguardando resposta, desde ja muito obrigado.

  • Mauricio

    Boa Tarde! Eu fiz todo processo de Entrevista, Dinâmica, Exame Médico e por ultimo levei toda documentação não chego nenhuma correspondência em casa e até agora nada e ja faz um tempinho ja sera que poderia deixar eu mais informado...........Desde ja agradeço.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência