Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Tesla terá caminhões, ônibus e compartilhamento de carros

Negócios | 21/07/2016 | 17h32

Tesla terá caminhões, ônibus e compartilhamento de carros

Conheça os 4 pilares do novo plano estratégico da companhia

REDAÇÃO AB

Enfim foi revelado o novo plano estratégico da Tesla em post no site da marca assinado por Elon Musk, o CEO da fabricante de carros elétricos. O executivo anunciou que a empresa vai diversificar a gama de produtos, sempre concentrada em energia sustentável. Agora, a Tesla deixa o sobrenome Motors de lado e passa a ter sob seu guarda-chuva uma área de energia solar, gama mais ampla de veículos, incluindo caminhões e ônibus elétricos, além de apostas em direção autônoma e em compartilhamento de veículos.

A aposta alta dá sequência ao plano que acompanhou a Tesla em seus primeiros 10 anos de trajetória, que tinha como principais pontos desenvolver um carro de baixo volume e preço elevado, usar a rentabilidade do primeiro modelo para investir em um de volume maior de vendas, com preço mais baixo, reinvestir as receitas em carro acessível, com demanda maior e, enfim, oferecer energia solar.

Musk avalia ter alcançado as metas com sucesso. “A lista de startups automotivas é curta. Assim como, em 2016, o número de montadoras norte-americanas que não chegaram a declarar falência tem o grande total de duas: Ford e Tesla. Começar uma empresa de veículos é idiotice e fazer isso com uma empresa de veículos elétricos é idiotice ao quadrado”, resumiu, em tom bem-humorado, a jornada da companhia até aqui.

Segundo o CEO, a ideia de traçar um plano de 10 anos é mostrar o quadro todo e como cada ação se encaixa nele. A empresa não divulgou os detalhes de como tornará o projeto realidade, além de não estabelecer o cronograma ou indicar como vai levantar capital para aplicar nas novas iniciativas.

Conheça os 4 pilares do plano da Tesla para os próximos 10 anos:

1 – PAINÉIS SOLARES
A Tesla e a SolarCity se tornarão uma só companhia. Musk também é presidente da empresa de energia solar, além de deter 22% do controle acionário. A ideia é fornecer painéis solares para captação de energia e baterias para armazenamento, tornando os indivíduos e residências autossuficientes neste aspecto.

2 – CAMINHÕES E ÔNIBUS ELÉTRICOS
A empresa, que hoje tem atuação restrita aos segmentos de sedãs premiuns e SUVs, quer ampliar a cobertura de mercado. Neste caso, a palavra ampliar é realmente abrangente. Além de oferecer comerciais leves, com um SUV compacto e uma picape, a Tesla promete desenvolver caminhões pesados e ônibus para uso urbano. Segundo Musk, estes veículos estão hoje no primeiro estágio de desenvolvimento.

3 – VEÍCULOS AUTÔNOMOS
Com a meta de oferecer condução 10 vezes mais seguras do que a manual, a companhia vai apostar em autonomia. Todos os veículos da marca, independentemente da categoria, terão capacidade para rodar sem participação ativa do motorista. Para tornar o plano realidade, a Tesla desenvolve o software, mas alerta que a inovação depende também da evolução da legislação de diversos países, que hoje exige um motorista para os carros.

4 – USO COMPARTILHADO
Quando a condução autônoma for regulamentada, a Tesla apostará no compartilhamento dos veículos. Quem tiver um modelo da marca poderá, por exemplo, liberar o carro para ser usado por outras pessoas enquanto dorme ou trabalha, reduzindo o tempo ocioso do veículo. A montadora estima que os proprietários só utilizam seus carros por períodos de 5% a 10% do dia. Com a tecnologia, as pessoas poderiam usar os veículos como fonte de receita no tempo ocioso.



Tags: Tesla, estratégia, plano, caminhões, ônibus.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência