Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Sync 3 será oferecido em todos os carros da Ford

Tecnologia | 19/08/2016 | 18h07

Sync 3 será oferecido em todos os carros da Ford

Sistema de conectividade é um dos pilares da estratégia da montadora

GIOVANNA RIATO, AB

A Ford começa a oferecer no Brasil a terceira geração do sistema de conectividade Sync a partir de setembro. A tecnologia reúne recursos de navegação, áudio, telefone e aplicativos. Tudo pode ser controlado por controle de voz capaz de atender a 10 mil comandos, segundo a montadora. A novidade chega na linha 2017 do Focus, mas será oferecida como opcional em todos os carros da marca até o ano que vem. O Sync 3 vai conviver por algum tempo com a antiga geração.

“Ouvimos 22 mil comentários e sugestões dos clientes para desenvolver a nova geração”, conta David Borges, supervisor de conectividade da Ford América do Sul. Segundo ele, o Sync 3 tem processador mais rápido e tela sensível ao toque. “A experiência do cliente hoje está baseada no que ele tem no smartphone, então desenvolvemos uma tela tão boa quanto a de um celular, que responde rápido e não fica marcada com as digitais”, conta. A fabricante buscou tornar a interface mais intuitiva, com os principais comandos acessíveis a dois toques.

Outra grande novidade são os sistemas Apple Car Play e Android Auto já incorporados na central multimídia, o que torna o Sync compatível com a maioria dos telefones. O pareamento funciona para ligações e para uma série de outras funções, como as do aplicativo de música Spotify, que já vem instalado no sistema. As músicas sincronizadas aparecem na tela, em uma versão do app desenvolvida especialmente para o sistema da Ford.

Além do programa para ouvir música, o Sync 3 vem com sete aplicativos instalados, incluindo o Banco 24h, para localizar caixas eletrônicos, o Touch Pizza, que permite pedir pizza on-line e o Glympse, sistema para compartilhar a localização com um contato. Outras opções são oferecidas para download por meio do AppLink.

CONECTIVIDADE E INOVAÇÃO ABERTA

A Ford calcula que o Sync esteja presente em 15 milhões de carros vendidos globalmente. O plano é intensificar essa presença com a terceira geração do sistema. “Esta tecnologia é um dos pilares da nossa estratégia de conectividade”, conta Maurício Greco, gerente de marketing da companhia no Brasil. O executivo destaca que o sistema é importante dentro do plano de mobilidade inteligente da marca, que prevê a produção em massa de carros autônomos em cinco anos (leia aqui).

“O projeto nos adapta ao novo conceito de mobilidade e tecnologia para o futuro. Miramos em oportunidade global de US$ 5,4 trilhões no setor de mobilidade e transporte com o nosso programa Smart Mobility, que passa por conectividade, análise de dados e veículos autônomos”, estima Greco. Ele defende que o plano é tão importante no modelo de negócio da companhia quanto fabricar carros.

A estratégia passa pelo contato mais estreito com desenvolvedores e startups, inclusive no Brasil, que é um dos polos globais de engenharia da Ford. Entre os dias 20 e 21 a empresa estará na edição de Recife (PE) da Campus Party, feira com participação intensa de programadores e jovens empresas da área tecnológica. A montadora já participa há quatro anos da edição de São Paulo. No evento, a companhia mostra novidades e promove hackathons, as maratonas de programação.

Outra iniciativa baseada em inovação aberta é o Ford Developer Program, site que oferece ferramentas para que programadores desenvolvam aplicativos para o Sync. “Eles baixam um emulador, que simula o sistema no computador, criam a solução e nós avaliamos. Se for interessante podemos passar a oferecer para download no Sync”, conta Borges.



Tags: Ford, Sync, conectividade, tecnologia.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência