NOTÍCIAS
05/10/2016 | 19h45

Lançamentos

Audi começa a vender A4 Avant no Brasil

Station wagon é importada na versão Ambiente, com novo motor 2.0 de 190 cv


REDAÇÃO AB

A4 Avant mede 4,73 m; porta-malas chega a 1.510 litros com banco traseiro rebatido
A Audi traz ao Brasil o A4 Avant, versão station wagon ou “perua” do modelo lançado em abril deste ano no Brasil. O carro traz motor 2.0 TFSI Ultra com 190 cavalos e câmbio automático S-Tronic de dupla embreagem e sete marchas. A versão importada, Ambiente, tem preço de R$ 187.990.

O A4 Avant pede uma vaga de garagem razoavelmente grande. Mede 4,73 metros. Só de distância entre eixos são 2,82 m. Embora o tamanho tenha aumentado, o peso foi reduzido em até 120 quilos por causa do aumento da utilização de alumínio e também em razão de novas tecnologias de construção.

Seu porta-malas tem capacidade para 505 litros e passa a 1.510 l com o banco traseiro rebatido. Os encostos de trás têm três divisões e podem ser dobrados com facilidade por uma alavanca na lateral do compartimento de bagagens. Outro destaque é a cobertura do porta-malas com abertura e fechamento elétricos.

A lista de itens de série inclui ar-condicionado automático, sistema start-stop, rodas de liga leva de 18 polegadas, retrovisores externos com rebatimento elétrico, sensor de estacionamento traseiro, sistema multimídia com navegação, Bluetooth e integração com smartphone, sensores de luz e chuva, ajuste elétrico do banco do motorista, limpador de faróis e bancos esportivos de couro.

Entre os opcionais há teto solar panorâmico, assistente para tráfego lateral, câmera de ré, painel com head-up display (que projeta informações no para-brisa) e som Bang & Olufsen 3D, com 19 alto-falantes.

De acordo com a Audi, o A4 Avant vai de zero a 100 km/h em 7,5 segundos e atinge 238 km/h.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 13/12/2017
Requisitos de segurança têm de se adequar à realidade local de mercado

Esta coluna é apoiada por:

Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
INOVAÇÃO | 25/10/2017
Indústria precisa questionar qual será o seu papel no futuro
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
DE CARRO POR AÍ | 15/12/2017
Governo oferece incentivo para instalação de fábrica em Itumbiara
QUALIDADE | 01/12/2017
Envolver e motivar colaboradores é essencial para gerar bons resultados
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
AUTOINFORME | 15/12/2017
Coreia constrói ambiente urbano planejado e inteligente
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018