Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Troller lança série especial para o Salão
T4 Bold traz também central multimídia Kenwood e snorkel

Lançamentos | 28/10/2016 | 18h38

Troller lança série especial para o Salão

T4 Bold traz pintura em dois tons e outros itens por R$ 129.990

MÁRIO CURCIO, AB

A Troller apresentou a série especial T4 Bold. A nova opção do jipe tem pintura em dois tons: a metade de cima e a tampa traseira são cobertas com grafite escuro. O utilitário recebe também snorkel e uma central multimídia Kenwood Excelon, com tela de 6,95 polegadas. O motor é o mesmo 3.2 turbodiesel de outras versões e produz 200 cavalos. O preço sugerido é de R$ 129.990, ou R$ 5,1 mil a mais que o T4 XLT.

A opção é limitada em 180 unidades, estará nas concessionárias na próxima semana e também no Salão do Automóvel (de 10 a 20 de novembro no São Paulo Expo). “Séries especiais sempre agradam aos fãs da marca. No caso da Bold utilizamos itens de personalização bastante procurados”, afirma a supervisora de vendas e marketing da Troller, Carla Freire.

O acabamento diferente inclui adesivos laterais, pintura preta nas rodas e ganchos para reboque vermelhos. Por dentro, o painel, o revestimento das portas e o console central são escuros em vez de prateados. A central multimídia tem DVD player, Bluetooth, entrada auxiliar, navegador GPS e discagem por reconhecimento de voz. O T4 Bold tem três opções de cor: vermelha, branca e amarela.


Interior do Bold troca o prata por preto. Vermelho, branco e amarelo são as cores disponíveis. Motor diesel e câmbio de seis marchas são os mesmos do T4 XLT.

Por uma brecha na legislação que beneficia utilitários desse tipo, o Troller não tem airbags, mas recebe freios com ABS e também itens de conforto como ar-condicionado com duas zonas distintas de temperatura, vidros e retrovisores elétricos, teto solar e um espaço no painel para a instalação de equipamentos de navegação. Tem também computador de bordo com sete funções.

Como a Troller é controlada pela Ford, o T4 utiliza parte dos componentes da picape Ranger como motor, câmbio manual de seis marchas, sistema 4x4 e também o painel. Ainda não há opção automática. “Não temos nada planejado para isso, mas sempre estamos atentos ao consumidor”, afirma o gerente de vendas, marketing e pós-venda, Demétrio Fleck.

Em 2015, seu melhor ano, a Troller vendeu 2.019 unidades. “Para 2016 esperamos algo entre 1,5 mil e 1,6 mil unidades, diz o executivo. A rede atual de concessionárias tem apenas 20 unidades em todo o País. “Fecharemos o ano com 23. A ideia é ampliar nossa presença nas Regiões Norte e Centro-Oeste”, afirma.

De acordo com o executivo, haverá a entrada de novos grupos no negócio. A rede vem sendo fortalecida com capacitação e com um novo padrão visual no showroom e nas oficinas.

A TROLLER NO SALÃO


Estande da Troller no Salão do Automóvel terá 700 metros quadrados. Com pequena caçamba, conceito Xtreme tem boa chance de entrar em linha.

A Troller preparou um estande de 700 metros quadrados para o Salão do Automóvel. Além do T4 Bold a empresa levará o carro-conceito Xtreme. A imagem divulgada sugere um T4 com várias modificações na dianteira, nas laterais, teto encurtado e uma pequena caçamba. Tem grande chance de ganhar o mercado, já que, por pesquisa, a Troller descobriu que 59% dos compradores do novo T4 (lançado em 2014) vieram de picapes médias: 8% rodavam de Chevrolet S-10, 19% de Ford Ranger, 19% de Toyota Hilux e 13% de Mitsubishi L200.



Tags: Troller, T4, Carla Freire, Demétrio Fleck, picapes, Chevrolet, S-10, Toyota, Hilux, Ford, Ranger, Mitsubishi, L200, Salão do Automóvel, Xtreme.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência