Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Exportações de veículos devem superar projeções para o ano

Mercado | 06/12/2016 | 18h19

Exportações de veículos devem superar projeções para o ano

Anfavea espera fechar 2016 com embarques acima das 500 mil unidades

SUELI REIS, AB

As exportações de veículos deverão ser a única atividade da indústria nacional a encerrar 2016 com crescimento e ainda superar as projeções da Anfavea. De acordo com levantamento da entidade, o volume embarcado neste ano até o fechamento de novembro para outros países está 23,4% acima do verificado em igual período de 2015: foram enviadas pouco mais de 457,7 mil unidades a outros mercados, volume muito próximo da projeção, que prevê 507 mil unidades nos doze meses completos.



- Veja aqui os dados da Anfavea;
- Leia também: Confira os resultados da indústria até outubro


“Estamos caminhando para esta direção e se repetirmos [o volume de novembro], vamos até superar [as projeções], há uma tendência positiva”, afirma o presidente da entidade, Antonio Megale, durante a apresentação dos resultados na terça-feira, 6, em São Paulo.

Ao longo deste ano, as exportações vêm apresentando resultados mais positivos, o que segundo Megale, reflete o esforço da indústria local em apresentar seus produtos a outros mercados. “Este esforço de abertura de mercado vem dando resultado, com alguns países já recebendo produtos brasileiros pela primeira vez, mesmo que em baixos volumes”, conta.

O bom desempenho nestes onze meses foram impulsionados pelo segmento de veículos leves, cujas exportações cresceram 24,7% no acumulado do ano, para 429,8 mil automóveis e comerciais leves. Já nos pesados, houve queda de 4,3% em caminhões, para pouco mais de 19,1 mil unidades, enquanto os embarques de ônibus subiram 34,6%, para 8,7 mil.

Considerando apenas o resultado mensal, novembro foi o melhor do ano para as exportações: o setor vendeu pouco mais de 57,1 mil unidades no mês passado, volume 54,7% maior do que outubro. Também houve alta de 56,4% sobre novembro de 2015. “Foi o melhor mês desde agosto de 2013 e o melhor novembro desde 2005”, destacou Megale.

Ele acrescentou que este número alcançado no mês passado é um pouco distorcido, uma vez que a Volkswagen voltou às suas operações normais após paralisar suas quatro fábricas no Brasil por falta de peças, isso em agosto. “Essa dificuldade foi superada e a nossa associada voltou a fazer exportações para compensar”, lembrou.

Em valores, há crescimento, mas em menor ritmo: no comparativo anual, elas ficam praticamente estáveis, com leve alta de 0,2%, para pouco mais de US$ 8 bilhões. Novembro contribuiu com US$ pouco mais de US$ 1 bilhão, o melhor mês do ano ao mesmo tempo em que ultrapassou pela primeira vez a casa do bilhão.

“Também deveremos ultrapassar nossa previsão do ano em valores”, previu Megale.

Assista abaixo à cobertura da ABTV sobre o desempenho da indústria até novembro



Tags: Exportações, veículos, Anfavea, Antonio Megale.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência