Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Nissan começa a fazer Kicks no Brasil

Indústria | 19/01/2017 | 19h30

Nissan começa a fazer Kicks no Brasil

Fábrica de Resende montou as primeiras unidades de testes

REDAÇÃO AB

A Nissan começou a montar em Resende (RJ) as versões nacionais do Kicks, SUV compacto da marca que desde o ano passado é vendido no mercado brasileiro importado do México (leia aqui), onde também é fabricado. A área de montagem final da fábrica sul-fluminense entregou as primeiras unidades de testes produzidas do Kicks para executivos globais da companhia, entre eles o vice-presidente executivo mundial de manufatura e logística, Fumiaki Matsumoto. Segundo a Nissan, será iniciada ainda neste semestre a produção comercial em série do carro para vendas domésticas e exportações.

Os modelos montados esta semana fazem parte do lote finalizado pela equipe de Resende durante a primeira etapa de testes dos equipamentos e treinamento dos funcionários na linha de produção. “Esta etapa confirma a preparação para entregar um produto de qualidade elevada ao consumidor brasileiro e, futuramente, da América Latina. A fábrica já tem hoje, com a produção do March e Versa, um dos melhores indicadores de qualidade do grupo Nissan em todo o mundo. Esta mesma qualidade e tecnologia será aplicada na fabricação do Kicks brasileiro, por isso estamos fazendo todos os testes”, explica Sérgio Casillas, diretor de operações de manufatura da Nissan.

“O Kicks tem maior complexidade de montagem ao longo da linha de produção, o que exige um número de operações cerca de 20% superior aos modelos March e Versa, com diferenciais nos componentes eletrônicos, devido à diversidade de tecnologia embarcada do modelo", acrescenta Marcelo Soares, gerente de montagem final da Nissan do Brasil.

Entre as operações específicas para a fabricação do SUV, a Nissan utiliza equipamentos e postos exclusivos de montagem para fixar os hacks de teto e calibrar as quatro câmeras 360 graus do sistema Around View Monitor, tecnologia que oferece ao motorista total ao redor do carro. Ao todo são executadas 890 operações de montagem somente do novo modelo na linha final.



Inaugurada em abril de 2014 com investimentos de R$ 2,6 bilhões, a fábrica da Nissan em Resende tem capacidade para produzir 200 mil veículos e 200 mil motores por ano, com linha completa de manufatura que inclui estamparia, injeção de peças plásticas, soldagem, pintura, montagem final e produção de motores. Pensando na futura expansão da produtividade, a empresa montou uma área ao lado da unidade com infraestrutura completa para receber fornecedores e elevar a nacionalização de componentes. Desde abril de 2016 a planta de Resende exporta os March e Versa feitos lá para mercados da América Latina, com embarques já feitos para Argentina, Bolívia, Chile, Peru, Paraguai e Uruguai.



Tags: Nissan, Kicks, Resende, fábrica, produção, indústria.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência