Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 09/05/2017 | 17h25

Unidas aproveita bom momento do mercado de usados

Vendas ajudam a aumentar faturamento em 24,5% no 1º trimestre

REDAÇÃO AB

O bom momento do mercado de veículos usados beneficia o desempenho da Unidas, especializada em locação de veículos e gestão de frotas. Durante o primeiro trimestre, a empresa verifica faturamento 24,5% maior na comparação com mesmo período do ano passado, para R$ 369,5 milhões. A receita líquida com a venda de veículos usados somou R$ 187,9 milhões nos três primeiros meses deste ano, crescimento de 30% no comparativo anual, enquanto o de locação de veículos cresceu 35%, para R$ 102,5 milhões.

Entre janeiro e março, houve aumento de 17,4% no preço médio dos veículos usados vendidos pela empresa, ao mesmo tempo em que o volume de vendas subiu 10,4%.

“No primeiro trimestre, o avanço do número de diárias e o aumento no preço médio e no volume de venda de carros seminovos impulsionaram a receita. Esse bom resultado é fruto do nosso foco em rentabilidade e excelência no padrão de atendimento que queremos reforçar ao logo de 2017”, afirma o presidente da Unidas, Carlos Sarquis.

A locadora também concluiu em 18 de abril a liquidação da sua nona emissão de debêntures, no total de R$ 300 milhões e com prazo final de quatro anos. Os recursos desta captação serão utilizados para a amortização de dívidas no segundo e terceiro trimestres e parte do quarto trimestre deste ano.

Atualmente, a Unidas possui 272 lojas em todo o Brasil, das quais 121 próprias e 151 franqueadas, 25 lojas a mais do que no primeiro trimestre de 2016.



Tags: Unidas, locação, vendas, usados.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência