NOTÍCIAS
29/05/2017 | 23h57

Lançamentos

Citroën C4 Picasso quer brigar com SUVs de luxo

Monovolume com versões de 5 e 7 lugares tem muito espaço e tecnologia


MÁRIO CURCIO, AB | De Porto Feliz (SP)

Reportagem atualizada em 1º de junho, às 11h30.

A Citroën aposta em sua nova linha Picasso para concorrer no segmento de luxo com outros monovolumes e também utilitários esportivos, ou SUVs, à venda no Brasil. Com cinco lugares, o C4 Picasso começa em R$ 121,4 mil e chega a R$ 152 mil.

O Grand C4 Picasso leva sete pessoas. Parte de R$ 131,4 mil e atinge R$ 167,4 mil. O motor é sempre o 1.6 THP, com turbo, injeção direta de gasolina e 165 cavalos. E a transmissão é automática de seis marchas. A produção de ambos ocorre em Vigo, na Espanha. Eles foram apresentados ao lado dos C3 e Aircross 2018 automáticos, agora com câmbio de seis marchas (veja aqui).

Desde a versão de entrada os dois modelos recebem ar-condicionado com regulagem digital e duas zonas distintas de temperatura, freio de estacionamento elétrico, auxílio para partida em rampas, controles de tração e estabilidade mais central multimídia com tela de sete polegadas e Bluetooth.

As mais completas têm faróis autodirecionais, sistema de estacionamento automático, reconhecimento de placas de velocidade, alerta e correção de desvio involuntário de faixa, mudança automática para farol baixo/alto e um conjunto de quatro câmeras com processador de imagens capaz de criar uma “vista superior” do carro no painel. É uma ajuda e tanto quando se anda num estacionamento com vagas apertadas, por exemplo.


Só o Grand C4 Picasso tem sete lugares, mas todas as versões recebem bancos individuais e central multimídia com tela de sete polegadas.

Como concorrentes do Grand C4 Picasso a Citroën vê os monovolumes Kia Carnival, Chrysler Pacifica e também os utilitários esportivos Chevrolet Trailblazer, Dodge Journey, Hyundai Santa Fe, Toyota SW4, Kia Sorento e Mitsubishi Outlander.

“Queremos vender mil unidades (dos dois juntos) este ano”, afirma a diretora comercial Frida Lickel. São quase cinco vezes mais do que em 2016. De acordo com a montadora, a versão de cinco lugares deverá responder por 60% das vendas.

Os dois modelos são os primeiros Citroën à venda no Brasil fabricados sobre a nova plataforma EMP2. A distância entre eixos varia de 2,78 a 2,84 metros. Nos dois carros os bancos são individuais e a segunda fileira é corrediça.

O C4 Picasso mede 4,43 metros e seu porta-malas leva até 630 litros de bagagem. O Grand C4 Picasso tem 4,6 metros. Com a terceira fila em uso sobram apenas 130 litros no porta-malas, mas se estiver dobrada leva até 704 litros.

Veja a lista de preços dos dois modelos:

C4 Picasso Seduction (5 lugares) - R$ 121,4 mil
C4 Picasso Intensive (5 lugares) - R$ 132 mil a R$ 152 mil
Grand C4 Picasso Seduction (7 lugares) - R$ 131,4 mil
Grand C4 Picasso Intensive (7 lugares) - R$ 142 mil a R$ 167,4 mil.

Assista ao vídeo com os novos C3, Aircross e C4 Picasso:


Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 15/11/2017
Mudança na mobilidade domina discussões do Congresso SAE Brasil

Esta coluna é apoiada por:

Documento sem título
Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
DE CARRO POR AÍ | 17/11/2017
Chineses entregam operação brasileira à administração dos brasileiros
INOVAÇÃO | 25/10/2017
Indústria precisa questionar qual será o seu papel no futuro
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
AUTOINFORME | 09/11/2017
Luguez firmou parceria com o governo de Ohio
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro