Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 19/06/2017 | 18h55

Empresas de autopeças buscam mercado dos EUA

Missão de companhias nacionais quer aproveitar facilidades oferecidas no país

JOEL LEITE, PARA AB

Entre 24 e 28 de junho, empresas brasileiras de autopeças vão participar de visita a potenciais clientes nos Estados Unidos, mais exatamente nas cidades de Dayton e Cincinnati, Estado de Ohio, em evento organizado pela Dayton Development Coalition e da Cincinnati Regional Economic Development Initiative. Os encontros pretendem promover parcerias, conhecer locais de instalação e obter informações sobre incentivos financeiros e tributários e assistência na obtenção de residência e cidadania estadunidense. Pelo menos sete empresas brasileiras dos setores automobilístico e aeroespacial confirmaram presença na missão empresarial.

Os representantes das companhias vão visitar a Dayton Air Show, a mais importante feira do setor nos Estados Unidos. A missão tem por objetivo abrir o mercado estadunidense para empresas destes setores, fazendo com que elas se tornem menos dependentes da economia e dos fabricantes de automóveis e aviões brasileiros.

O programa inclui visita a empresas de ambos os setores na região de Dayton e Cincinnati, consideradas as principais locomotivas da indústria de manufatura nos Estados Unidos, e ainda locais de instalação, ao mesmo tempo em que receberá informações sobre incentivos financeiros e tributários para abrir filiais nos Estados Unidos.

“Acreditamos que o parque aeronáutico brasileiro não pode mais depender da Embraer - é hora de explorar o mercado dos Estados Unidos, o maior do mundo, que vende US$ 605 bilhões de dólares anualmente e emprega 1,7 milhão de trabalhadores’, disse Mitch Heaton, da Dayton Development Coalition. "O mesmo se aplica ao setor automobilístico. Os Estados Unidos produzem mais de 14 milhões de carros todos os anos, sendo o maior produtor e consumidor de automóveis de todo o mundo", diz, deixando de lado os robustos números da China.

Heaton diz que Ohio é a melhor localização para empresas explorarem o mercado norte-americano, uma vez que as regiões de Dayton e Cincinnati estão a poucas horas de distância de pelo menos 60% do mercado comprador nos Estados Unidos. Ohio também oferece financiamento a custos subsidiados, mão-de-obra especializada e competitiva, assessoria na busca, compra ou aluguel de espaços industriais e, principalmente, apresentação a fornecedores da indústria aeronáutica.



Tags: autopeças, empresas, Estados Unidos.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência