Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Renault investe mais R$ 750 milhões no Paraná

Indústria | 01/08/2017 | 21h04

Renault investe mais R$ 750 milhões no Paraná

Aporte vai elevar índice de nacionalização dos motores SCe

REDAÇÃO AB

A Renault anunciou na terça-feira, 1º, novo investimento em sua operação brasileira. A montadora vai aplicar R$ 750 milhões para ampliar a sua estrutura de produção de motores e, assim, elevar o conteúdo local dos propulsores SCe 1.6. Será erguida nova fábrica dentro do Complexo Industrial Ayrton Senna, a estrutura da montadora em São José dos Pinhais (PR). A Curitiba Injeção de Alumínio (CIA), como é chamada a unidade, receberá R$ 350 milhões do total anunciado.

Ali serão instaladas uma linha de injeção de alta pressão para blocos e outra de baixa pressão para o motor 1.6 SCe, com início da operação previsto para janeiro de 2018. A nova planta terá área construída de 14,5 mil metros quadrados e vai abastecer a Curitiba Motores (CMO), unidade que receberá a fatia de R$ 400 milhões restante do aporte anunciado pela Renault. Ali serão instaladas novas linhas de usinagem de blocos e cabeçotes de alumínio. Com o projeto, a companhia eleva o índice de nacionalização para ganhar competitividade.

“A Renault do Brasil mais uma vez mostra sua confiança no Brasil, mantendo seu plano de investimentos e de lançamento de produtos, mesmo em um cenário de instabilidade econômica. A inauguração da CIA e a ampliação da CMO irão aumentar a nossa competitividade e o índice de produção local”, declarou Luiz Pedrucci, presidente da montadora no Brasil, durante cerimônia para anunciar o projeto.

A Renault começou a fabricar motores no Brasil em 2001. Entre 2014 e 2019, a planta de propulsores recebeu parte do investimento de R$ 500 milhões anunciado para o País para o período de 2014 a 2019. O montante foi aplicado na produção local dos propulsores SCe 1.0 e 1.6, que chegaram ao mercado no fim de 2016 no Sandero e no Logan (leia aqui). Nos últimos meses a configuração 1.6, com bloco e cabeçote de alumínio, passou a equipar também Duster, Duster Oroch e Captur.



Tags: Renault, investimento, motores, fábrica, Paraná.

Comentários

  • Geraldo

    É de ações como esta que o país esta cada vez mais precisando, para superação destes tempos de instabilidade econômica e política. Parabéns a Montadora !

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência