Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Toyota anuncia recall de 456 Corolla XRS no Brasil

Segurança | 15/08/2017 | 16h30

Toyota anuncia recall de 456 Corolla XRS no Brasil

Modelos fabricados entre 2012 e 2013 têm airbags defeituoso da Takata

REDAÇÃO AB

A Toyota está convocando os proprietários de 456 unidades do Corolla XRS no Brasil, fabricados entre 8 de março de 2012 a 20 de dezembro de 2013, a comparecerem a uma concessionária da marca para a troca do sistema de airbag do motorista. Este é mais recall gerado pelos airbags defeituosos da Takata, que desencadeou o maior recall da história do setor automotivo global, motivado por inclusive por casos fatais em outros países.

Por causa do defeito, os insufladores dos airbags podem projetar estilhaços de sua estrutura metálica para o interior do carro no momento em que são utilizados – no caso de uma colisão. Os pedaços do airbag e a velocidade com a qual são lançados contra o habitáculo do carro pode causar ferimentos ao motorista e demais passageiros. Ele afetou montadoras e veículos de toda a parte, resultando na morte de 16 pessoas e mais de 150 feridos em todo o mundo.

Neste caso, a Toyota substituirá o deflagrador e o conjunto da bolsa do airbag, cujo serviço, que é gratuito, exige tempo estimado em uma hora e dez minutos. Para isto, a montadora indica que os proprietários devem entrar em contato para agendar o serviço, o que pode ser feito pelo endereço eletrônico www.toyota.com.br/web-agenda. A relação de concessionárias autorizadas para atendimento está disponível na página da Internet www.toyota.com.br.

Os chassis envolvidos neste recall são:



Tags: Recall, Toyota, airbag, Takata.


Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
AB Inteligência