Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Comerciais | 21/08/2017 | 19h24

Ônibus Mercedes-Benz terão tecnologia para reduzir consumo

Chassis adotarão desligamento automático e recuperação de energia

REDAÇÃO AB


Ônibus urbanos articulados e superarticulados da Mercedes-Benz poderão ter sistema de recuperação de energia elétria a partir de 2018

Alguns ônibus Mercedes-Benz vão receber duas novas tecnologias para reduzir o consumo de combustível. A partir deste mês, toda a linha de chassis urbanos e rodoviários serão equipados de série com o EIS (Engine Idle Shutdown), sistema de desligamento automático do motor. E os modelos urbanos O 500 U, O 500 M e os articulados e superarticulados terão disponível no início de 2018 como equipamento opcional o módulo RKM, que recupera energia das frenagens e armazena eletricidade em supercapacitores.

“Além da redução do custo operacional para os clientes, essas novas tecnologias diminuem o consumo de combustível e melhoram a eficiência energética, trazendo ganhos para as empresas de transporte de passageiros, para a qualidade do ar e à preservação do meio ambiente”, afirma Walter Barbosa, diretor de vendas e marketing de ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

DESLIGAMENTO AUTOMÁTICO

Quando o ônibus está parado com o motor ligado, câmbio no ponto morto e freio de mão acionado, o EIS entra em ação e desliga automaticamente o motor após quatro minutos, se o motorista não acelerar ou acionar o freio de serviço nesse intervalo.

“Essa é uma situação bastante comum em garagens, rodoviárias, terminais urbanos e pontos de parada”, explica Walter. “Nessas circunstâncias, o EIS entra em ação e garante economia de combustível, além de reduzir emissões de poluentes e de ruídos”.

RECUPERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

Recurso já utilizado em ônibus Mercedes-Benz na Europa, o módulo RKN estará disponível no Brasil como equipamento opcional para alguns chassis urbanos da Mercedes. O sistema aproveita a desaceleração e frenagem do veículo para gerar energia elétrica, que é armazenada em supercapacitores, utilizados como fonte adicional para alimentar sistemas elétricos, como faróis e lanternas ou iluminação interna.

Enquanto os supercapacitores fornecem essa energia, os alternadores são liberados e assim exigem menos força do motor para girar, o que reduz consumo. “Nos testes realizados pela engenharia de desenvolvimento, foram registradas economias médias de cerca de 2%”, informa Barbosa. Outra vantagem é que a tecnologia também aumenta a durabilidade de baterias e alternadores, também reduzindo custos operacionais

Os supercapacitores funcionam com baixa tensão de 24 V e são recarregados rapidamente durante a operação. Com isso, a energia elétrica armazenada pode ser aproveitada imediatamente por qualquer componente que consuma energia.

Tags: Mercedes-Benz, ônibus, chassis, tecnologia, consumo, EIS desligamento automático do motor, RKM módulo de recuperação de energia elétrica.


Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência