NOTÍCIAS
29/09/2017 | 18h00

Transportes

Volvo Bus lança consultoria para redução de consumo

Novo programa integra pacote de serviços conectados da montadora


REDAÇÃO AB

A Volvo Bus Latin America está lançando um programa de consultoria para redução de consumo de combustível. Ele integra o pacote de serviços conectados oferecido pela montadora para frotistas de ônibus urbanos e rodoviários e é desenvolvido em conjunto com a rede de concessionários da marca.

O programa está sendo lançado em três grupos de concessionários Volvo: Dipesul, Auto Sueco São Paulo e Rivesa. É voltado a clientes de médio e grande portes. A partir do ano que vem o projeto será estendido para a toda a rede de concessionários.

Num projeto piloto conseguiu-se economia de 7% de diesel e de 9% na operação total, considerando também o menor desgaste de componentes e a redução de consumo de lubrificante.

A consultoria é realizada por um especialista da concessionária com suporte da fábrica. O trabalho consiste em coletar dados da operação, avaliar e acompanhar esses dados para transformá-los em informação. A partir disso é definido e entregue ao cliente um plano com sugestões de ações para redução do consumo de combustível.

“Esse atendimento personalizado é uma demanda cada vez mais frequente dos nossos clientes. Além disso, nos permite conhecer de perto a operação e melhorar nossos serviços e veículos”, diz o diretor comercial de ônibus Volvo no Brasil, Gilberto Vardânega.

PROJETO PILOTO

O projeto piloto do programa começou em 2016 com a Visate, empresa de transporte urbano de Caxias do Sul (RS) com 342 ônibus e 77 linhas que atendem cerca de 90 mil passageiros por dia, em média.

As equipes da Volvo e da concessionária Dipesul definiram uma meta de redução de consumo em conjunto com o cliente. A partir desse objetivo foi desenvolvida uma metodologia para analisar e identificar pontos de melhoria e então criado um plano de ação para garantir maior eficiência de consumo.

A redução de 7% do consumo de combustível e de 9% no custo operacional resulta dos dados conectados de oito ônibus que participaram do projeto piloto. Os resultados foram alçados com a mudança do estilo de condução dos motoristas, que reduziu em 60% as acelerações desnecessárias, curvas e frenagens bruscas e ocorrências como veículo parado com motor ligado e excesso de velocidade.

“O treinamento dos motoristas também tem um efeito direto na vida útil das peças e pneus”, explica Anderson Fabiano de Castilhos, gerente operacional da Visate. “Um dos principais pontos trabalhados na Visate foram os relatórios com informações customizadas para atuação direta nos pontos de melhoria de cada motorista, tratadas durante o treinamento aplicado na empresa. O estilo de condução influencia diretamente no consumo e na performance operacional do veículo”, explica Alexandre Vargha, líder do projeto.

Além do treinamento de motoristas foi feita uma análise das manutenções periódicas para avaliar desgaste de peças e impacto no consumo; e nas configurações do veículo, para identificar a mais adequada para o tipo de rota e quantidade de passageiros transportados.

O pacote de serviços conectados ofertados pela Volvo Bus Latin America inclui o sistema Fleet Management de gerenciamento de frotas e o sistema de gerenciamento de tráfego ITS4Mobility. Os dois podem ser usados de forma integrada ou separadamente.

O ITS4Mobility é uma ferramenta de gestão de tráfego que oferece informações da circulação dos ônibus em tempo real tanto para o operador de transporte quanto para os passageiros. O sistema acompanha a circulação, indicando se os ônibus estão rodando de acordo com o planejado, com a frequência adequada, cumprindo os horários planejados e mantendo a rota previamente definida.

São informações que apontam ao gestor possíveis desvios, ajudam a identificar pontos críticos da operação e permitem seu replanejamento de forma embasada, garantindo a precisão das informações oferecidas aos passageiros.

O Fleet Management é uma ferramenta que auxilia os operadores de transporte no acompanhamento da operação e da posição dos veículos em tempo real. Os dados gerados pelo sistema oferecem ao transportador uma visão completa da operação, por veículo e por motorista, o que permite adotar uma série de ações para aumentar a eficiência da operação e reduzir custos operacionais.

É possível acessar dados como consumo de combustível, emissão de poluentes, horas rodadas, velocidade média, percentual de operação em faixa econômica, em marcha lenta e número de ativações do freio, por veículo e por motorista.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 18/10/2017
Medidas simples e novos estudos ajudam na redução de emissões de CO2

Esta coluna é apoiada por:

Documento sem título
Advertisement Advertisement Advertisement
AUTOINFORME | 19/10/2017
Hyundai produz em Ulsan 1,5 milhão de carros por ano
DE CARRO POR AÍ | 13/10/2017
Com Jumpy, marca avança em novo território
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
INOVAÇÃO | 15/08/2017
Indústria automotiva precisa abrir os olhos para novas formas de trabalhar
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes