NOTÍCIAS
04/10/2017 | 19h57

Indústria

Neo Rodas investe R$ 3 milhões em Vinhedo

Empresa adquiriu equipamento de testes para homologação de novos produtos


REDAÇÃO AB

Fábrica da Neo Rodas tem capacidade instalada para 4 mil unidades por dia
A Neo Rodas investirá cerca de R$ 3 milhões na aquisição e instalação do equipamento Zwarp Test, voltado a testes de fadiga bidirecionais e destinado à homologação de novos produtos. O anúncio ocorre dias depois de a fabricante completar seu primeiro ano de operação, em 1º de outubro.

O investimento na fábrica, em Vinhedo (SP), faz parte de um pacote de R$ 10 milhões previsto até 2018. O equipamento deve entrar em operação no primeiro trimestre do ano que vem. “Atualmente, como não existe uma máquina similar disponível no Brasil ou em regiões próximas, a cada desenvolvimento as rodas devem ser enviadas à Europa, geralmente Alemanha, onde são realizados testes em laboratórios homologados pelas montadoras, ou nas próprias montadoras”, afirma o diretor de operações da empresa, Ivens Pantaleão.

“Além do ganho financeiro, o mais significativo estará na resposta rápida aos clientes e na redução dos prazos de desenvolvimento. Hoje, além do tempo de envio das amostras, temos de negociar as ‘janelas’ de teste com os laboratórios, que são bastante concorridos”, recorda o executivo.

A fábrica da Neo Rodas atua no segmento de rodas automotivas de alumínio exclusivamente para o mercado original. Fornece para montadoras de veículos leves e utilitários instaladas no Brasil e no Mercosul como FCA Fiat Chrysler, Volkswagen, General Motors, Caoa Hyundai, Mitsubishi, BYD e Lifan.

Em 2017 a empresa investiu R$ 5 milhões em uma nova célula de usinagem que elevou sua capacidade produtiva de 3mil para 4 mil rodas por dia. No primeiro semestre a empresa registrou alta de 30% nas vendas sobre o mesmo período do ano passado.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 15/11/2017
Mudança na mobilidade domina discussões do Congresso SAE Brasil

Esta coluna é apoiada por:

Documento sem título
Advertisement Advertisement Advertisement Advertisement
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
DE CARRO POR AÍ | 17/11/2017
Chineses entregam operação brasileira à administração dos brasileiros
INOVAÇÃO | 25/10/2017
Indústria precisa questionar qual será o seu papel no futuro
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
AUTOINFORME | 09/11/2017
Luguez firmou parceria com o governo de Ohio
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças